Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Hábitos de saúde e comportamentos de risco em estudantes do ensino básico/secundário; Estudo da eficácia de um programa educacional de intervenção
Autores:  Vitor Manuel Costa Pereira Rodrigues
Orientadores:  Prof. Doutor Amílcar Rodrigues Augusto
Prof. Doutor José Manuel Calheiros
Secção:  Teses
Ano:  2004
institution:  Universidade do Porto, Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
O objectivo do presente estudo foi o de contribuir, por um lado, para a diminuição de comportamentos de risco cada vez mais ameaçadores da saúde dos jovens e, por outro, permitir que os jovens mantenham elevados padrões de hábitos de saúde.
O tipo de estudo levado a cabo foi o experimental, mais concretamente, um ensaio de campo, uma vez que se pretendeu verificar se da aplicação experimental de um programa educacional de intervenção, resultaram alterações no comportamento de risco dos alunos e se houve a manutenção ou não de comportamentos saudáveis.
A metodologia adoptada foi a seguinte: a) elaboração e pré-teste do instrumento de colheita de dados, b) aplicação do instrumento de colheita de dados – estudo exploratório (diagnóstico de situação), c) construção do programa educacional de intervenção, d) ensaio piloto do programa educacional, e) divisão da população em dois grupos (amostragem por clusters), f) introdução e manipulação da variável independente (programa educacional de intervenção) nos alunos do grupo experimental, g) nova aplicação do instrumento de colheita de dados (foram feitas três aplicações separadas por um intervalo de mais ou menos um ano).
Os resultados permitem-nos concluir que o modelo de intervenção, por nós construído e implementado, e os seus elementos, nomeadamente, as técnicas motivacionais, o aconselhamento e a componente da comunicação, utilizando processos interactivos dos media do conhecimento, contribuíram de forma inequívoca para que os alunos do grupo experimental atingissem a “literacia para a saúde”, com os consequentes ganhos em saúde, nos seguintes aspectos:
(Consultar dados em documento em anexo)


Palavras-chave
Texto integral
Total: 1 registo(s)
Rev.II-n.º2_3.pdf
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]