Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Conceito de delirium versus confusão aguda
Autores:  Paulo Alexandre Oliveira Marques*; Sandra Sílvia Silva Monteiro Santos Cruz**; Maria Luísa Martins Morais Marques***
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-02-07
Aceite para publicação:  2013-05-15
Secção:  Artigo Teórico
Ano:  2013
DOI:  10.12707/RIII1228
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Contexto: Nos artigos publicados por enfermeiros não existe consenso acerca do conceito mais adequado para o delirium, também conhecido por confusão aguda. Objetivo: Determinar a coerência na utilização dos conceitos de delirium e confusão aguda pelos enfermeiros. Fontes de dados: A pesquisa para a revisão integrativa foi realizada na EBSCO, usando as bases de dados eletrónicas CINAHL, MedLINE, MedicLatina e Psychology and Behavioral Sciences Collection, e abrangeu as publicações entre 2000 e 2010, identificando-se 7 artigos que estavam disponíveis gratuitamente. Discussão: Os resultados apontam para a falta de rigor na utilização dos conceitos; desconhecimento das características do delirium e utilização preferencial de “confusão”; e dificuldades na investigação por diferenças teóricas entre quem investiga ou presta cuidados. Implicações para a enfermagem: Sugerimos que a investigação se centre na definição do conceito que melhor defina o problema, clarificando as suas diferenças e caraterísticas; na utilidade clínica do(s) conceito(s) para os enfermeiros; que estes conteúdos sejam incorporados na formação dos enfermeiros; se proceda à inclusão de instrumentos de medida na clínica; e se aprofunde a disseminação de uma linguagem comum. Conclusão: Importa evoluir-se neste domínio de modo a que a assistência prestada cumpra os desígnios da qualidade e da excelência.

Palavras-chave
delirium; confusão; cuidados de enfermagem.
AGUIRRE, E. (2010) - Delirium and hospitalized older adults: a review of nonpharmacologic treatment. Journal of Continuing Educational Nursing. Vol. 41, nº 4, p. 151-152.
AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION (2002) – DSM-IV-TR: manual de diagnóstico e estatística das perturbações mentais. 4ª ed. rev. Lisboa: Climepsi Editora.
BENEDICT, L. [et al.] (2009) - Prevention, detection and intervention with delirium in an acute care hospital: a feasibility study. International Journal of Older People Nursing. Vol. 4, nº 3, p. 194-202.
BRITTON, A. ; RUSSEL, R. (2006) - Multidisciplinary team interventions for delirium in patients with chronic cognitive impairment. Oxford: The Cochrane Library.
CONSELHO INTERNACIONAL DE ENFERMEIROS (2011) - CIPE versão 2: classificação internacional para a prática de enfermagem. Lisboa: Ordem dos Enfermeiros.
DAHLKE, S. ; PHINNEY, A. (2008) - Caring for hospitalized older adults at risk for delirium: the silent, unspoken piece of nursing practice. Journal of Gerontological Nursing [Em linha]. Vol. 34, nº 6, p. 41-47. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://www.viha.ca/NR/rdonlyres/030B9B9A-01F5-44B9-AD85-F7336454F6DA/0/dahlke_article_2008.pdf>.
HOLROYD-LEDUC, J. M. ; KHANDWALA, F. ; SINK, K. M. (2010) - How can delirium best be prevented and managed in older patients in hospital? Canadian Medicine American Journal. Vol. 182, nº 5, p. 465-470.
LAW, E. (2008) - Delirium and dementia in acute hospitals: assessing the impact of RMN input. Nursing Older People [Em linha]. Vol. 20, nº 9, p. 35-39. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://www.deepdyve.com/lp/royal-college-ofnursing-rcn/delirium-and-dementia-in-acute-hospitals-assessingthe-impact-of-rmn-xInmvVX0eZ>.
MEAGHER, D. (2009) - Motor subtypes of delirium: past, present and future. International Review of Psychiatry. Vol. 21, nº 1, p. 59-73.
NEVES, H. ; SILVA, A. ; MARQUES, P. (2011) - Tradução e adaptação cultural da escala de confusão de NEECHAM. Revista de Enfermagem Referência. Série 3, nº 3, p. 105-112.
NICHOLSON, T. ; HENDERSON, M. (2009) - Management of delirium. British Journal of Hospital Medicine. Vol. 70, nº 4, p. 217-221.
ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (2003) - CID-10: classificação estatística internacional de doenças e problemas relacionados à saúde. 10ª ed. rev. São Paulo: Universidade de São Paulo.
PRETTO, M. [et al.] (2009) - Effects of an interdisciplinary nurseled delirium prevention and management program (DPMP) on nursing workload: a pilot study. International Journal of Nursing Study. Vol. 46, nº 6, p. 804-812.
SENDELBACH, S. ; GUTHRIE, P. F. (2009) - Acute confusion/ delirium: identification, assessment, treatment and prevention. Journal of Gerontological Nursing. Vol. 35, nº 11, p. 11-18.
SPEED, G. [et al.] (2007) - Prevalence rate of delirium at two hospitals in Western Australia. Australian Journal of Advanced Nursing [Em linha]. Vol. 25, nº 1, p. 38-43. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://www.ajan.com.au/Vol25/Vol25.1-5.pdf>.
VOYER, P. [et al.] (2008a) - Detection of delirium by nurses among long-term care residents with dementia. BMC Nursing [Em linha]. Vol. 7, nº 4. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2277396/>.
VOYER, P. [et al.] (2008b) - Accuracy of nurse documentation of delirium symptoms in medical charts. International Journal of Nursing Practice [Em linha]. Vol. 14, nº 2, p. 165-177. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1440-172X.2008.00681.x/pdf>.
WACKER, P. ; NUNES, P. V. ; FORLENZA, O. V. (2005) - Delirium: uma perspetiva histórica. Revista de Psiquiatria Clinica. Vol. 32, nº 3, p. 97-103.
WANG, J. ; MENTES, J. (2009) - Factors determining nurses’ clinical judgments about hospitalized elderly patients with acute confusion. Issues Mental Health Nursing [Em linha]. Vol. 30, nº 6, p. 399-405. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19499441>.
WASZYNSKI, C. ; PETROVIC, K. (2008) - Nurses’ evaluation of the confusion assessment method: a pilot study. Journal of Gerontological Nursing [Em linha]. Vol. 34, nº 4, p. 49-56. [Consult. 29 set. 2010]. Disponível em WWW: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed>.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]