Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Qualidade de vida do utente com úlcera venosa crónica
Autores:  Dora Maria Ricardo Fonseca Saraiva*; António José Ferreira Bandarra**;
Evane dos Santos Agostinho***; Nuno Miguel Maia Pereira****;
Teresa Silveira Lopes*****
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-03-10
Aceite para publicação:  2013-05-04
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2013
DOI:  10.12707/RIII1241
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
As úlceras venosas (UV ) constituem um importante problema de saúde pública da sociedade portuguesa. A cronicidade desta condição, os rumos terapêuticos, as complicações associadas, o impacto socioeconómico, assim como, as implicações na vida do indivíduo, têm repercussões significativas na qualidade de vida (QV ). Com o intuito de melhor compreendermos esta problemática da nossa prática quotidiana e de subsidiarmos o nosso agir profissional com propostas de intervenção fundamentadas e justificadas, que se mostrem eficientes na melhoria da QV destes utentes, surgiu este estudo com o objetivo geral de avaliar a QV do utente com UV crónica. O estudo quantitativo, de natureza descritivo-correlacional e de carácter transversal, teve por base o Esquema Cardiff de Impacto da Ferida para a colheita de dados. Através de um método de amostragem não-probabilístico acidental obteve-se uma amostra de 66 utentes com UV crónica. Dos resultados alcançados salienta-se que a maioria dos utentes obteve valores intermédios de QV, tendo-se observado um impacto negativo mais significativo na dimensão Bem-Estar. Constatou-se, ainda, que o estado civil se relaciona com todas as dimensões da QV; e a zona de residência com a QV em geral e as dimensões Sintomas Físicos, Vida Diária e Vida Social.

Palavras-chave
qualidade de vida; úlcera varicosa; enfermagem.
ABBADE, Luciana ; LASTÓRIA, Sidnei (2006) - Abordagem de pacientes com úlcera da perna de etiologia venosa. Anais Brasileiros de Dermatologia. Ano 81, nº 6, p. 509-522.
BAPTISTA, Cleide ; CASTILHO, Valeria (2006) - Levantamento do custo do procedimento com bota de unna em pacientes com úlcera venosa. Revista Latino-Americana de Enfermagem. Vol. 14, nº 6, p. 944-949.
BASTÍAS, Waldo (2008) - Úlcera venosa crónica de las extremidades inferiores. Revista Médica Clínica Condes. Vol. 19, nº 1, p. 61-68.
BORGES, Eline (2005) - Tratamento tópico de úlcera venosa: proposta de uma diretriz baseada em evidências. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Tese de doutoramento.
CAMPOS, Maryane ; NETO, João (2008) - Qualidade de vida: um instrumento para promoção da saúde. Revista Baiana de Saúde Pública. Vol. 32, nº 2, p. 232-240.
CARMO, Sara [et al.] (2007) - Actualidades na assistência de enfermagem a portadores de úlcera venosa. Revista Electrónica de Enfermagem. Vol. 9, nº 2, p. 506-517.
CORDEIRO, Jacqueline (2006) - Qualidade de vida e tratamento hemodialítico: avaliação do portador de insuficiência renal crónica. Goiânia: Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Góias. Tese de mestrado.
FERREIRA, Pedro [et al.] (2007) - Medição da qualidade de vida de doentes com feridas crónicas: a Escala de Cicatrização da Úlcera de Pressão e o Esquema Cardiff de Impacto da Ferida. Nursing. Ano. 17, nº 221, p. 32-41.
FURTADO, Kátia (2003) - Úlceras de perna: tratamento baseado na evidência. Nursing. Ano 15, nº 176, p. 35-42.
JÚNIOR, O [et al.] (2002). Qualidade de vida em pacientes com doença arterial crónica dos membros inferiores. [Em linha]. [Consult. 01 ago. 2009]. Disponível em:
http://www.sbacvrj.com.br/paginas/revistas/pdf/2002/01/Qualidade-Vida.pdf.
LEAL, Carla (2008) - Reavaliar o conceito de qualidade de vida. Açores: Universidade dos Açores.
LUCAS, Lucinéia ; MARTINS, Júlia ; ROBAZZI, Maria Lúcia(2008) - Qualidade de vida dos portadores de ferida em membros inferiores: úlcera de la perna. Ciência y Enfermeria. Vol. 14, nº 1, p. 43-52.
MACIEL, Érika (2008) - Prevalência de feridas em utentes internados. Belo Horizonte: Universidade de Federal de Minas Gerais. Dissertação de mestrado.
MOFFATT, Christine (2006) - Do clinical and social factors predict quality of life in leg ulceration? The International Journal of Lower Extremity Wounds. Vol. 5, nº 4, p. 236-243.
ORDEM DOS ENFERMEIROS (2008) - Dor: guia orientador de boa prática. Lisboa: Ordem dos Enfermeiros.
PALFREYMAN, Simon (2008) - Avaliação do impacto da úlcera venosa sobre a qualidade de vida. Nursing Times. Vol. 104, nº 41, p. 34-37.
SILVA, Isabel ; MENESES, Rute ; SILVEIRA, Augusta (2007) - Avaliação da qualidade de vida relacionada com a saúde oral [Em linha]. [Consult. 01 ago. 2009]. Disponível em WWW: http://bdigital.ufp.pt/dspace/bitstream/10284/452/1/264-274%20FCHS04-18.pdf>.
SOUSA, Fábio (2009) - O “corpo” que não cura. Vivências das pessoas com úlcera venosa crónica de perna. Porto: Universidade do Porto, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Dissertação de mestrado.
YAMADA, Beatriz (2001) - Qualidade de vida de pessoas com úlceras venosas crónicas. São Paulo: Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Tese de mestrado.
YAMADA, Beatriz (2006) - Índice da qualidade de vida de Ferrans e Powers: construção e validação da versão feridas. São Paulo: Escola de Enfermagem da Universidade. Tese de doutoramento.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]