Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Perfil epidemiológico dos acidentes ofídicos em homens
Autores:  Selma de Almeida Graciano*; Maria José Coelho**; Anderson Oliveira Teixeira***;
Júlio César Santos da Silva****; Sandra Regina Maciqueira Pereira*****;
Ronald Teixeira Peçanha Fernandes******
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-04-22
Aceite para publicação:  2013-05-15
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2013
DOI:  10.12707/RIII1255
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Este estudo procurou descrever as características epidemiológicas dos acidentes ofídicos em homens notificados no Estado do Rio de Janeiro - Brasil, correlacionando a incidência de casos no país com o quantitativo de casos acompanhados pelo Centro de Controle de Intoxicações (CCIn) em um hospital público situado no Município de Niterói. Foram analisadas informações do período compreendido entre 2006 a 2009, fornecidas pelo banco de dados do Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas (SINITOX) e do CCIn. Os dados demonstraram 220 casos notificados, com predominância nos meses quentes e chuvosos, de janeiro a março, em áreas urbanas (53,1%), com incidência maior na faixa etária compreendida entre 20 e 49 anos (51,73%), acometendo em número mais significativos indivíduos do sexo masculino (72,27%). As serpentes prevalentes foram as do género Bothrops (70,91%), com maior ocorrência no município de Niterói (24,09%). Neste contexto faz-se necessário o desenvolvimento de atividades efetivas e eficazes com o intuito de divulgar os riscos e complicações relacionadas às mordeduras de cobras, bem como a elaboração de um protocolo de cuidados de enfermagem na emergência, para que seja possível minimizar os danos relacionados.

Palavras-chave
acidentes ofídicos; envenenamento; saúde do homem.
BERNARDE, Paulo S. (2012) - Curiosidades sobre as cobras [Em linha]. [Consult. 06 maio 2012]. Disponível em WWW: http://www.herpetofauna.com.br/Curiosidades_sobre_as_cobras.htm>.
BOCHNER, Rosany ; STRUCHINER, Claudio J. (2004) - Aspectos ambientais e sócio-econômicos relacionados à incidência de acidentes ofídicos no Estado do Rio de Janeiro de 1990 a 1996: uma análise exploratória. Cadernos de Saúde Pública. Vol. 20, nº 4, p. 976-985.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde (2008) - Política nacional de atenção integral à saúde do homem. Brasília: MS, SAS.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde (2010) - I Seminário Internacional Saúde do Homem nas Américas. Brasília: MS, SAS.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde (2010) - Guia de vigilância epidemiológica: acidentes ofídicos por animais peçonhentos. 7ª ed. Brasília: MS, SVS.
BRASIL. Ministério da Saúde. Sistema Nacional de Informações Tóxico – Farmacológicas (2012) – Registro de intoxicações 2006-2009 [Em linha]. [Consult. 17 nov.2012]. Disponível em WWW: http://www.fiocruz.br/sinitox_novo/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?tpl=home>.
CHIPPAUX, Jean Philippe (1998) - Snake-bites: appraisal of the global situation. Bull World Health Organization. Vol. 76, nº 5, p. 515-524.
COELHO, Maria José (2006) - Maneiras de cuidar em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem. Vol. 59, nº 6, p. 745-751.
COELHO, Maria José ; FIGUEIREDO, Nébia M. A. ; CARVALHO, Vilma de (1999) - O socorro, o socorrido e o socorrer: cuidar/ cuidado em enfermagem de emergência. Rio de Janeiro: 1ª ed. Rio de Janeiro: Anna Nery.
COELHO, Maria José (2009) – Processo saúde/doença/cuidados de enfermagem hospitalar. Revista de Enfermagem Referência. Série 2, nº 10, Suplemento: Actas e Comunicações, p. 412.
FONSECA, Mariluce G. [et al.] (2009) - Oral microbiota of Brazilian captive snakes. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases. Vol. 15, nº 1, p. 54-60.
GOMES, Romeu ; NASCIMENTO, Elaine F. ; ARAÚJO, Fábio C. (2007) - Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior. Cadernos de Saúde Pública. Vol. 23, nº 3, p. 565-574.
GRACIANO, Selma A. [et al.] (2011) - O impacto dos acidentes ofídicos na saúde do homem. Revista de Enfermagem Referência. Série 3, Suplemento, vol. 1, p. 324.
IBGE: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2011) [Em linha]. [Consult. 20 maio. 2012]. Disponível em WWW: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/default.shtm>.
LIMA, Juliano S. [et al.] (2009) - Perfil dos acidentes ofídicos no norte do Estado de Minas Gerais, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Vol. 42, nº 5, p. 561-564.
MUÑOZ, Monica B. ; OLIVEIRA, Jáima P. (2010) - O escolar hospitalizado e suas implicações para a saúde e educação. Revista Salus. Vol. 1, nº 1, p. 65-74.
PAULA, Ruth C. M. F. (2010) – Perfil Epidemiológico dos casos de acidentes ofídicos atendidos no hospital de doenças tropicais de Araguaína – TO (triênio 2007-2009). São Paulo: IPEN.
PORTARIA nº 1.944/09. D.O.U. Seção 1. 165 (28/08/2009) 61-62.
ROSNER, Bernard A. (2010) - Fundamentals of biostatistics. 7ª ed. Boston: Duxbury Press.
SCHEUER, Cléber ; BONFADA, Sônia T. (2008) - Atenção à saúde do homem: a produção científica de enfermeiros na atenção básica. Revista Contexto & Saúde. Vol. 8, nº 15, p. 7-12.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]