Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Equipe de saúde e familiares cuidadores: atenção ao doente terminal no domicílio
Autores:  Elisabeta Albertina Nietsche*; Stephanie Cielo Vedoin**; Karla Cristiane de Oliveira Bertolino***; Márcia Gabriela Rodrigues de Lima****; Larice Gonçalves Terra****; Cátia Regina Loureiro Bortoluzzi****
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-09-27
Aceite para publicação:  2013-05-15
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2013
DOI:  10.12707/RIII12137
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Objetivou-se identificar a perceção que a equipe de saúde e os familiares cuidadores de doentes terminais em domicílio possuem em relação ao cuidado dispensado a estes durante o processo de morrer e morte. Trata-se de uma pesquisa exploratória-descritiva, com abordagem qualitativa, realizada com cinco profissionais da saúde e quatro familiares de doentes terminais, vinculados ao Serviço de Internação Domiciliar de um hospital escola no sul Brasil, em 2009. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se a entrevista semi-estruturada. Para análise dos dados empregou-se a Análise de Conteúdo de Bardin. O domicílio é percebido como o local ideal à realização do cuidado de doentes terminais, por propiciar maior conforto e proximidade familiar. As ações educativas são fundamentais para assegurar a qualidade do cuidado prestado. Contudo, a melhor compreensão acerca da morte pode contribuir na implementação de ações humanizadas que visem uma melhor qualidade de vida àqueles que morrem.

Palavras-chave
assistência domiciliar; cuidadores; doente terminal.
BARDIN, L. (2009) - Análise de conteúdo. 7ª ed. Lisboa: Edições 70.
BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde (1996) - Normas de pesquisa envolvendo seres humanos. Resolução 196/96. Dispõe sobre diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério da Saúde.
FIGUEIREDO, M. G. M. C. A. ; FIGUEIREDO, M. T. A. (2007) - Cuidados paliativos. In INCONTRI, D. ; SANTOS, F. S., org. - A arte de morrer: visões plurais. Bragança Paulista: Comenius. p. 196-206.
FERREIRA, N. M. L. A. ; SOUZA, C. L. B. ; STUCHI, Z. (2008) - Cuidados paliativos e família. Revista de Ciências Médicas. Vol. 17, nº 1, p. 33-42.
GALVÃO, C. R. ; PINOCHET, L. H. C. (2009) - A importância do Home Care no atual cenário da saúde. Jornal São Camilo - Educação Online [Em linha]. [Consult. 29 mar. 2012]. Disponível em WWW: http://www.saocamilo.br/jornalsaocamilo_online/saude_noticia.htm>.
GARGIULO, C. A. [et al.] (2007) - Vivenciando o cotidiano do cuidado na percepção de enfermeiras oncológicas.Texto & Contexto Enfermagem [Em linha]. Vol. 16, nº 4, p. 696-702. [Consult. 30 mar. 2012]. Disponível em WWW: http://www.scielo.br/pdf/tce/v16n4/a14v16n4.pdf>.
HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SANTA MARIA. Serviço de Internação Domiciliar (2012) - Cartilha de orientações [Em linha]. [Consult. 29 mar. 2012]. Disponível em WWW: http://jararaca.ufsm.br/websites/ephusm/download/cartilhas/sidhusm.pdf>.
HOYE, S. ; SEVERINSSON, E. (2010) - Multicultural family members’ experiences with nurses and the intensive care context: a hermeneutic study. Intensive & Critical Care Nursing. Vol. 26, nº 1, p. 24-32.
INOCENTI, A. ; RODRIGUES, I. G. ; MIASSO, A. I. (2009) - Vivências e sentimentos do cuidador familiar do paciente oncológico em cuidados paliativos. Revista Eletrônica de Enfermagem [Em linha]. Vol. 11, nº 4, p. 858-65. [Consult. 30 mar. 2012]. Disponível em WWW:<
http://www.fen.ufg.br/revista/ v11/n4/pdf/v11n4a11.pdf>.
JUNQUEIRA, M. H. R. ; KOVACS, M. J. (2008) - Alunos de psicologia e a educação para a morte. Psicologia, Ciência e Profissão [Em linha]. Vol. 28, nº 3, p. 506-519. [Consult. 30 mar. 2012]. Disponível em WWW: .
KIPPER, D. J. (2009) - O problema das decisões médicas envolvendo o fim da vida e propostas para nossa realidade. Revista de Bioética [Em linha]. Vol. 7, nº 1, p. 1-5. [Consult. 29 mar. 2012]. Disponível em WWW: KÜBLER-ROSS, E. (2008) - Sobre a morte e morrer. 9ª ed. São Paulo: Martins Fontes.
LACERDA, M. R. (2010) - Cuidado domiciliar: em busca da autonomia do indivíduo e da família - na perspectiva da área pública. Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 15, nº 5, p. 2621-2626.
OLIVEIRA, F. T. [et al.] (2011) - Bioética e humanização na fase final da vida: visão de médicos. Revista Bioética (Impr.). Vol. 19, nº 1, p. 247- 258.
OLIVEIRA, J. R. ; BRÊTAS, J. R. S. ; YAMAGUTI, L. (2007) - A morte e o morrer segundo representações de estudantes de enfermagem. Revista da Escola de Enfermagem da USP. Vol. 41, nº 3, p. 386-394.
OLIVEIRA, S. G. [et al.] (2012) - Internação domiciliar do paciente terminal: o olhar do cuidador familiar. Revista Gaúcha de Enfermagem. Vol. 33, nº 3, p. 104-110.
PORTO, G. ; LUSTOSA, M. A. (2010) - Psicologia hospitalar e cuidados paliativos. Revista da SBPH [Em linha]. Vol. 13, nº 1, p. 76-93. Disponível em WWW: http://pepsic.bvsalud. org/pdf/rsbph/v13n1/v13n1a07.pdf>.
RIBEIRO, M. (2010) - Implicações psicossociais do cuidar nos cuidadores de pacientes terminais: um estudo no município de Ararangu - Santa Catarina [Em linha]. [Consult. 29 mar. 2012]. Disponível em WWW: http://amigonerd.net/trabalho/47052-implicaues-psicossociais-do-cuidar-nos>.
SAPETA, P. ; LOPES, M. (2007) - Cuidar em fim de vida: fatores que interferem no processo de interação enfermeiro doente. Revista de Enfermagem Referência. Série 2, nº 4, p. 35-57.
WORLD HEALTH ORGANIZATION (2002) - Definition of palliative care [Em linha]. [Consult. 29 mar. 2012]. Disponível em WWW: http://www.who.int/cancer/palliative/de finition/en/>.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]