Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Literacia em saúde de utentes com hipertensão e diabetes de uma região do norte de Portugal
Autores:  Isabel Maria Batista de Araújo* ; Rui Alberto Ferreira Jesus** ; Maria de Lurdes Teixeira*** ;
Ana Rita Santos Cunha****; Fernando Miguel da Silva Santos*****; Sílvia Raquel Fernandes Miranda******
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2018-03-05
Aceite para publicação:  2018-06-22
Secção:  ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO (ORIGINAL)/RESEARCH PAPER (ORIGINAL)
Ano:  2018
DOI:  https://doi.org/10.12707/RIV18008

Resumo
Enquadramento: A literacia em saúde (LS) é um conceito que pode ser analisado em 3 domínios: promoção da saúde, prevenção da doença e cuidados de saúde.
Objetivo: Descrever o nível de LS de um grupo de utentes com hipertensão arterial e diabetes de uma região do norte de Portugal.
Metodologia: Estudo descritivo-exploratório transversal. Amostra de conveniência com 401 utentes de um agrupamento de centros de saúde da região norte de Portugal. Recolheram-se dados após consentimento informado dos utentes, através de um inquérito com a escala de avaliação de LS, European Health Literacy Survey (HLS-EU-PT), traduzida e validada para Portugal. Utilizaram-se técnicas da estatística descritiva e
inferencial, com recurso ao software IBM SPSS Statistics, versão 24.
Resultados: Os utentes apresentavam um nível inadequado ou problemático de LS e consideraram o médico e o enfermeiro como os profissionais que podem melhorar o seu nível de LS.
Conclusão: Níveis baixos de LS são um problema para a gestão em saúde, pelo que urge apostar numa estratégia para aumentar a LS nos utentes com doenças crónicas.

Palavras-chave
alfabetização em saúde; diabetes mellitus; hipertensão; doença crónica
Costa, A., Saboga-Nunes, L., & Costa, L. (2016). Avaliação do nível de literacia para a saúde numa amostra portuguesa. Boletim Epidemiológico Observações, 5(17), 38-44. Recuperado de http://repositorio.insa.pt/bitstream/10400.18/4111/1/Boletim_Epidemiologico_Observacoes_N17_2016_artigo9.pdf
Davey, J., Holden, C. A., & Smith, B. J. (2015). The correlates of chronic disease-related health literacy and its components among men: A systematic review. BMC Public Health, 15, 1-12. doi:10.1186/s12889-015-1900-5
Despacho nº 3618-A/2016 de 10 de Março. Diário da República nº 49/16 – II Série. Gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde. Lisboa, Portugal.
Direção-Geral da Saúde. (2016). A saúde dos portugueses. Recuperado de https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/a-saude-dos-portugueses.aspx
Edwards, M., Wood, F., Davies, M., & Edwards, A. (2015). Distributed health literacy: Longitudinal qualitative analysis of the roles of health literacy mediators and social networks of people living with a long-term health condition. Health Expectations, 18(5), 1180-1193. doi:10.1111/hex.12093
Espanha, R., Ávila, P., & Mendes, R. (2016). Literacia em saúde em Portugal. Lisboa, Portugal: Fundação Calouste Gulbenkian. European Commission. (2007). Together for health: A strategic approach for the EU 2008-2013. Recuperado de http://ec.europa.eu/health/ph_overview/Documents/strategy_wp_en.pdf
Instituto Nacional de Estatistica. (2011). Instituto nacional de estatistica. Recuperado de https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes&PUBLICACOESpub_boui=149446932&PUBLICACOESmodo=2
International Diabetes Federation. (2013). IDF diabetes atlas (6th ed.). Brussels, Belgium: Autor. Kale, M. S., Federman, A. D., Krauskopf, K., Wolf, M., O’Conor, R., Martynenko, M., … & Wisnivesky, J. P. (2015). The association of health literacy with illness and medication beliefs among patients with chronic obstructive pulmonary disease. PLoS One, 10(4), 1-10. Recuperado de http://journals.plos.org/plosone/article/file?id=10.1371/journal.pone.0123937&type=printable
Omachi, T. A., Sarkar, U., Yelin, E. H., Blanc, P. D., & Katz, P. P. (2013). Lower health literacy is associated with poorer health status and outcomes in chronic obstructive pulmonary disease. Journal of General Internal Medicine, 28(1), 74-81. doi:10.1007/s11606-012-2177-3
Pedro, A. R., Amaral, O., & Escoval, A. (2016). Literacia em saúde, dos dados à ação: Tradução, validação e aplicação do European Health Literacy Survey em Portugal. Revista Portuguesa de Saúde Pública, 34(3), 259-275. Recuperado de http://www.elsevier.pt/pt/revistas/revista-portuguesa-saude-publica-323/pdf/S0870902516300311/S200/
Pereira, D. A., Costa, N. M., Sousa, A. L., Jardim, P. C., & Zanini, C. R. (2012). Efeito de intervenção educativa sobre o conhecimento da doença em pacientes com diabetes mellitus. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 20(3), 1-8. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/rlae/v20n3/pt_a08v20n3.pdf
Peterson, P. N., Shetterly, S. M., Clarke, C. L., Bekelman, D. B., Chan, P. S., Allen, L. A. … Masoudi, F. A. (2011). Health literacy and outcomes among patients with heart failure. Journal of American Medical Association, 305(16),1695-1701. doi:10.1001/jama.2011.512
Salazar, L. F., Crosby, R. A., & DiClemente, R. J. (2015). Research methods in health promotion. San Francisco, CA: John Wiley & Sons.
Santos, O. (2010). O papel da literacia em saúde: Capacitando a pessoa com excesso de peso para o controlo e redução da carga ponderal. Observatório Nacional da Obesidade e do Controlo do Peso, 4(3), 127-134. Recuperado de https://dspace.uevora.pt/rdpc/bitstream/10174/2320/1/(2010)%20Literacia%20em%20sa%C3%BAde%20%20capacitando%20a%20pessoa%20com%20excesso%20de%20peso%20para%20o%20controlo%20e%20redu%C3%A7%C3%A3o%20da%20carga%20ponderal.pdf
Serra, C. (2016). Três milhões de portugueses são hipertensos. Recuperado de http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/tres-milhoes-de-portugueses-sao-hipertensos
Soares, D., Viamonte, S., Magalhães, S., Ribeiro, M. M., Barreira, A., Fernandes, P., & Torres, S. (2013). Que fatores determinam os níveis de atividade física após programa de reabilitação cardíaca? Acta Médica Portuguesa, 26(6), 689-698. Recuperado de http://repositorio. chporto.pt/bitstream/10400.16/1638/1/Programa%20de%20Reabilita%C3%A7%C3%A3o.pdf
Sørensen, K., Brouke, S. V., Fullam, J., Doyle, G., Pelikan, J., Slonska, Z., Brand, H., & Consortium
Health Literacy Project European. (2012). Health literacy and public health: A systematic review and integration of definitions and models. BMC Public Health, 12, 1-13. doi:10.1186/1471-2458-12-80
Think Tank Capacitação do Cidadão em Saúde. (2015). Questionário europeu de literacia em saúde aplicado em Portugal: Apresentação dos resultados preliminares. Recuperado de http://pelorim.pt/wp-content/uploads/2015/01/resultados-preliminares-HLS-EU-PT.pdf
Texto integral
Total: 0 registo(s)
REF_sep2018_73to82_eng.pdf.pdf
REF_sep2018_73to82_port.pdf.pdf


[ Detalhes da edição ]