Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Construção e validação psicométrica do Questionário de Segurança do Doente no Bloco Operatório
Autores:  Ana Sofia de Carvalho Mota*; Amélia Filomena de Oliveira Mendes Castilho**
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2019-03-06
Aceite para publicação:  2019-05-27
Secção:  ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO (ORIGINAL)/RESEARCH PAPER (ORIGINAL)
Ano:  2019
DOI:  https://doi.org/10.12707/RIV19012

Resumo
Enquadramento: Aumentar a segurança cirúrgica constitui um dos objetivos do Plano Nacional para a Segurança do Doente. A avaliação da perceção dos enfermeiros contribuirá para maior compromisso na sua concretização.
Objetivo: Construir e validar um questionário de avaliação de segurança do doente no bloco operatório (BO).
Metodologia: Estudo de investigação metodológica. Desenvolvimento de questionário, submissão a painel de Delphi e estudo psicométrico, numa amostra de 1.001 enfermeiros. Realizado estudo de validade de constructo pela análise fatorial exploratória com rotação Varimax, validade convergente-discriminante e avaliada a fiabilidade através do coeficiente Alfa de Cronbach (α).
Resultados: Da validação pelo painel de Delphi resultou uma versão constituída por 79 itens, que avaliam nove áreas da segurança do doente (ASD). As matrizes de correlação (p > 0,00) e as medidas de Kaiser-Meyer-Olkin > 0,8 nas 9 ASD garantem boa adequação do modelo fatorial, que agrupa os itens em 19 dimensões com valores de α entre 0,66 e 0,98.
Conclusão: O questionário cumpre os requisitos de validade, revelando elevado potencial para utilização em investigação.

Palavras-chave
segurança do paciente; salas cirúrgicas; estudos de validação; análise fatorial
Association of Perioperative Registered Nurses. (2016). Position statement on perioperative pressure ulcer prevention
in the care of the surgical patient. AORN Journal, 104(5), 437-438. doi:10.1016/j.aorn.2016.08.011

Despacho n.º 1400-A/2015 de 10 de fevereiro. Diário da República nº 28/2015 - II Série. Ministério da Saúde. Lisboa, Portugal.

Despacho n.º 5613/2015 de 27 de maio. Diário da República nº 102/2015 - II Série. Ministério da Saúde. Lisboa, Portugal.

Direção-Geral da Saúde. (2013). Norma nº 2: Cirurgia segura, salva vidas. Lisboa, Portugal: Autor. Recuperado de https://www.dgs.pt/ms/8/pagina.aspx?codigoms=5521&back=1&codigono=02070234AAAAAAAAAAAAAAAA

Direção-Geral da Saúde. (2015). Norma nº 20: Feixe de intervenções de prevenção de infeção de local cirúrgico.
Lisboa, Portugal: Autor. Recuperado de https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/normas-e-circulares-normativas/norma-n-0202015-de-15122015.aspx

Direção-Geral da Saúde. (2018). Infeções e resistências aos antimicrobianos 2018: Relatório anual do programa
prioritário. Lisboa, Portugal: Autor. Recuperado de https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/infecoes-e-resistencias-aos-antimicrobianos-2018-relatorio-anual-do-programa-prioritario.aspx

Haynes, A. B., Weiser, T. G., Berry, W. R., Lipsitz, S. R., Breizat, A. H., Dellinger, E. P., ... Merry, A. F. (2009). A surgical safety checklist to reduce morbidity and mortality in a global population. New England Journal of Medicine, 360(5), 491-449. doi:10.1056/NEJMsa0810119

Heideveld-Chevalking, A. J., Calsbeek, H., Damen, J., Gooszen, H., & Wolff, A. P. (2014). The impact of a standardized incident reporting system in the perioperative setting: A single center experience on 2,563 ‘near-misses’ and adverse events. Patient Safety in Surgery, 8(1), 46. doi:10.1186/s13037-014-0046-1

Menino, E. P., Dixe, M. D., & Louro, M. C. (2016). Construção e validação da escala de educação terapêutica
para o comportamento de autocuidado na diabetes. Revista de Enfermagem Referência, 4(8), 35-44. doi:10.12707/RIV15049

Ministério da Saúde. (2015). Avaliação da situação nacional dos blocos operatórios: Relatório final. Lisboa, Portugal: Autor.
Moreira, J. M. (2009). Questionários: Teoria e prática. Coimbra, Portugal: Almedina.

Moura, M. D., & Mendes, W. (2012). Avaliação de eventos adversos cirúrgicos em hospitais do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Epidemiologia,15(3), 523-535. doi:10.1590/S1415-790X2012000300007

Needleman, J., Buerhaus, P., Pankratz, V. S., Leibson, C. L., Stevens, S. R., & Harris, M. (2011). Nurse staffing
and inpatient hospital mortality. New England Journal of Medicine, 364(11), 1037-1045. doi:10.1056/NEJMsa1001025

Organização Mundial de Saúde. (2009). Orientações da OMS para cirurgia segura 2009: Cirurgia segura salva vidas. Lisboa, Portugal: Direção Geral da Saúde.

Pasquali, L. (1999). Instrumentos psicológicos: Manual prático de elaboração. Brasília, Brasil: LabPAM/ IBAPP.

Pestana, M. H., & Gageiro, J. N. (2014). Análise de dados para ciências sociais: A complementaridade do SPSS.
Lisboa, Portugal: Sílabo.

Russ, S. J., Sevdalis, N., Moorthy, K., Mayer, E. K., Rout, S., Caris, J., ... Darzi, A. (2015). A qualitative evaluation of the barriers and facilitators toward implementation of the WHO surgical safety checklist across hospitals in England: Lessons from the “Surgical Checklist Implementation Project”. Annals of Surgery, 261(1), 81-91. doi:10.1097/SLA.0000000000000793

Thiels, C. A., Lal, T. M., Nienow, J. M., Pasupathy, K. S., Blocker, R. C., Aho, J. M., ... Bingener, J. (2015). Surgical never events and contributing human factors. Surgery, 158(2), 515-521. doi:10.1016/j.surg.2015.03.053

World Health Organization. (2007). WHO global report on falls prevention in older age. Recuperado de https://extranet.who.int/agefriendlyworld/wp-content/uploads/2014/06/WHo-Global-report-on-falls-prevention-in-older-age.pdf

Zegers, M., Bruijne, M. C., Keizer, B., Merten, H., Groenewegen, P. P., Wal, G., & Wagner, C. (2011). The incidence, root-causes, and outcomes of adverse events in surgical units: Implication for potential prevention strategies. Patient Safety in Surgery, 5(13). doi:10.1186/1754-9493-5-13
Texto integral
Total: 0 registo(s)
REF_jun2019_67to78_eng.pdf.pdf
REF_jun2019_67to78_port.pdf.pdf


[ Detalhes da edição ]