Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Necessidades Educacionais em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica
Autores:  Aida Cruz Mendes - Professora Coordenadora da Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca
Isabel Marques - Professora Adjunta da Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca
Teresa Barroso - Assistente da Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca
Orientadores: 
Secção:  Artigo

Resumo
O contacto com pessoas em sofrimento mental, com as necessidades das suas famílias e com o contexto social em que estas se inserem, assim como a necessidade de dar resposta às estratégias nacionais de promoção da saúde e prevenção e da doença mental, impõem desafios de formação e de intervenção particularmente relevantes para os enfermeiros que trabalham nesta área. Tendo em conta o actual momento de reorganização da formação especializada em enfermagem, fomos estudar as necessidades educacionais daqueles enfermeiros para que os programas que vierem a ser implementados aumentem os seus conhecimentos e habilidades, como forma de dar resposta às necessidades dos seus clientes.
A amostra de 144 enfermeiros a trabalhar em instituições de psiquiatria da Região Centro foi dividida em dois grupos; 67 enfermeiros com Curso de Especialização e 77 sem formação especializada. As necessidades educacionais foram exploradas considerando o valor atribuído e a necessidade de formação pessoal.
Verificámos a existência de diferenças entre os grupos de enfermeiros com e sem especialização. Enquanto que os enfermeiros com especialização elegeram como prioridade para a sua formação continuada o desenvolvimento de conhecimentos e competências em Psicoterapias, Competências Comunicacionais e Aconselhamento e Equipas Comunitárias de Intervenção na Crise, os enfermeiros sem formação especializada valorizaram mais o seu desenvolvimento em Saúde Mental, Perturbações de Ansiedade e Doente Mental e a Exclusão Social. Pode interpretar-se estas diferenças como representativas dos diferentes níveis de intervenção.

Palavras-chave
Texto integral
Total: 1 registo(s)
ref_8-17a23.pdf
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]