Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Satisfação Profissional dos Enfermeiros Especialistas
Autores:  Águeda da Assunção Gonçalves - Professora Coordenadora da Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca
Orientadores: 
Secção:  Artigo
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Apesar da dificuldade de conceptualização, predomina o consenso de que a satisfação era enfermagem constitui um indicador na qualidade dos cuidados prestados aos utentes, daí a preocupação em se averiguar a "Satisfação Profissional dos Enfermeiros Especialistas".
Optou-se por um tipo de estudo descritivo com uma componente analítica. Pretendeu-se com este estudo comparar o grau de satisfação profissional entre dois grupos de enfermeiros — especialistas e graduados— correspondendo os primeiros ao grupo de estudo e os segundos ao grupo de controlo. Para avaliar o grau de satisfação profissional foi utilizada a Escala de Satisfação Profissional adaptada de PORTER (1962). A amostra é constituída por 145 enfermeiros especialistas e 160 enfermeiros graduados de dois Hospitais Centrais.
Os resultados demonstraram que não existe diferença estatisticamente significativa entre o grau -de não satisfação profissional do grupo de especialistas e de graduados, contudo, existe uma tendência para os especialistas apresentarem maior grau de não satisfação profissional em relação aos graduados. Confirmou-se a hipótese formulada de que os especialistas e os graduados apresentam graus diferentes na importância que atribuem à satisfação profissional, sendo maior a importância atribuída pelos especialistas


Palavras-chave
Texto integral
Total: 1 registo(s)
ref_1-41a48.pdf
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]