Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Processo de Revisão

A Revista de Enfermagem Referência é integralmente gerida em meio digital. Apresenta um processo de revisão por pares, double blind, percorrendo cada artigo um ciclo de 10 fases da submissão à divulgação, com tempos médios definidos. Ao longo do processo os autores vão sendo informados em que fase se encontra o seu artigo.

As fases do processo de revisão são:

1 - Pré-análise – Após submissão do artigo, com todos os documentos necessários, o revisor verifica se o artigo tem condições para entrar no processo de revisão. Nesta fase, os artigos de tipo quantitativo são analisados por estatísticos que verificam o desenho, os métodos e a apresentação e análise de dados. Se o artigo for recomendado para entrar no processo de revisão passa à fase de checklist.

2 - Checklist – Verificam-se todos os itens do checklist geral e específico, particularmente estrutura e princípios normativos. Uma vez que o artigo cumpra todos os critérios, entra na fase de revisão cega por pares.

3 - Revisão por pares – O artigo é enviado a 2 revisores da lista de revisores especializados no tema em avaliação. Os revisores trabalham a partir da sua área reservada e preenchem as estruturas de avaliação específicas do tipo de artigo em avaliação. Sempre que não se observar acordo entre os 2 revisores o artigo é enviado para um terceiro. Se desse processo resultar conflito, compete ao Editor-Chefe comparar os pareceres e, a este, cabe a decisão final do procedimento sobre aceitação ou exclusão. O sistema de gestão permite enviar alertas em todas as fases aos autores e aos revisores, no sentido de não ser ultrapassado o tempo médio de revisão definido. Quando um revisor não cumpre o tempo definido é retirado do processo de revisão e substituído por um terceiro (situação que atrasa o tempo médio de revisão).

4 - Gestor de Artigo – Após resposta dos autores a todas as recomendações dos revisores, o artigo entra em fase de Gestor de artigo. Ao gestor compete verificar se o artigo tem condições para ser publicado, comparando o artigo antes da revisão com o artigo modificado pelos autores em função das recomendações propostas pelos revisores. Com a concordância do Gestor de artigo o mesmo prossegue para a fase de Tratamento Técnico e Documental (documentação e língua).

5 - Tratamento Técnico e Documental – Os técnicos de documentação verificam o formato normativo das referências bibliográficas e os tradutores verificam o idioma dos abstracts. Seguidamente o texto científico é verificado em fase de Revisor final.

6 - Revisão Final – O texto científico é verificado sob o ponto de vista morfológico e sintático. O artigo entra então em Fase de tradução.

7 - Tradução– O artigo é traduzido pelos técnicos de tradução (os artigos podem ser traduzidos para português ou inglês, dependendo da versão submetida). Os artigos traduzidos são enviados aos autores para validação e devem ser devolvidos ao Editor. As despesas de tradução têm um custo de 15€ por página a traduzir, incluindo página de resumos e referências.

8 - Maquetização e Atribuição de DOI – Os artigos em formato bilingue são maquetizados e é atribuído o Digital Object Identifier (DOI).

O autor recebe as provas maquetizadas do artigo  (versão inglesa e portuguesa) antes da publicação. As provas devem ser verificadas, validadas, e devolvidas pelos autores ao Editor num período de 48 horas.

NB: Em situação de não receção das provas no tempo estabelecido, o Editor não se responsabiliza por qualquer erro ou omissão que possa ser publicado

 

9 - Metadados – Técnicos documentais procedem à criação dos metadados (HTML, XML e materiais de divulgação seletiva). O artigo entra em fase de Divulgação Digital.

10 - Divulgação Digital – Finalmente os artigos ficam disponíveis na página da revista em acesso livre em texto integral; são enviados para todas as bases de dados, indexadores e circuitos de divulgação.

 

alt

 

O cronograma do processo de revisão representa tempos médios que podem não corresponder à história de desenvolvimento dos artigos. Aqueles tempos médios dependem das demoras de resposta e complexidade das alterações.

Quando um artigo chega à fase de Revisão final, não fica assegurada a sua publicação imediata. A publicação depende do volume de artigos entrados e aceites para publicação.

 


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.