Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Nome da revista:  Série Monográfica Educação e Investigação em Saúde
Edição:  Edição Nº 2
Data da edição:  2012-11-06
Comentários: 
Editorial:  Em 27 de Fevereiro de 2002 foi lançado o desafio de criarmos um grupo
de estudantes voluntários. Começámos as reuniões à noite, uma vez por
semana, e aí se consolidou o Atelier de Expressividade. Eramos um grupo
de estudantes e professores que pretendia conceber e validar intervenções
educativas que provocassem a conscientização dos jovens para os riscos dos
seus estilos de vida, através da Educação pelos Pares.
Depois de umas sessões de reflexão sobre a natureza e determinantes desses
problemas criámos uma intervenção educativa sobre Sexualidade responsável
para os jovens do ensino secundário. Era uma dramatização e uma dança que
gerava a reflexão e conscientização sobre as dúvidas e incertezas que povoam
a cabeça dos jovens. Depressa o Atelier de Expressividade criou fama e era
solicitado para desenvolver o seu trabalho em diversas escolas, por todo o
país. E o grupo crescia de ano para ano, alimentado por novos estudantes…
O interesse por fazer intervenções de prevenção do consumo abusivo de
álcool e outras drogas trouxe para o grupo o Dr. Fernando Mendes. Foi então
que surgiram os projectos Amigos Amigos Pressões à Parte e Antes que
te Queimes. Surgiu também a internacionalização: uma jovem foi a Vilnius
representar o projecto e foi criada a rede PEER.
O projecto Antes que te Queimes surge porque as festas académicas de
Coimbra tornavam-se, de ano para ano, mais “pesadas”. Foi testado na Queima
das Fitas de 2006 e tem sido um sucesso! Principalmente porque temos cerca
de 100 estudantes por ano que se voluntariam para, durante as noites de festa,
fazerem aconselhamento par-a-par e reduzem danos. Com isto educam-se,
educando. Mas temos também alguns professores e técnicos que assumem a
formação e supervisão destes jovens como uma tarefa pedagógica exigente.
E por isso ainda aqui estamos, ano após ano, festa após festa, com a certeza
10
de que se evitarmos pelo menos um acidente de automóvel, uma gravidez,
uma violação ou uma overdose, fizemos a diferença.
Ao longo dos últimos quatro anos fomos lançando desafios à comunidade
científica e à sociedade civil com o objectivo de fazer um levantamento e
discussão sobre os projectos e acções no âmbito da educação de pares.
Apresentamos e discutimos vários projectos, partilhamos a nível nacional e
internacional diversas experiências, fortalecemos a rede PEER com a integração
de novos parceiros e novas abordagens.
Este ano o IV PEER - ESCOLA DE VERÃO EM EDUCAÇÃO PELOS PARES
pretende dar ênfase à metodologia de Investigação-Acção Participativa em
Saúde associando-se ao IIIº Encontro Anual do ICPHR, o que muito nos
honra e vem reforçar a nossa identidade e maturidade. A investigação-
-acção participativa em saúde tornou-se cada vez mais importante como uma
estratégia para encontrar soluções em comunidades/grupos onde a ocorrência
e gravidade de problemas de saúde é maior ou em que a acessibilidade aos
serviços de saúde está comprometida.
Dez anos depois, é com esta orientação que mais uma vez nos propomos
abrir um novo capítulo no nosso percurso de trabalho, convidando todos os
que connosco o quiserem partilhar, descobrir e percorrer, reforçando as
nossas redes.
Esta monografia representa um passo firme para agregar e partilhar não só
os projectos que se multiplicam sob a alçada do PEER mas todos aqueles
que gostariam de estar em sintonia com um estilo vai fazer a diferença: a
investigação-acção participativa.
Coimbra, 07 de Maio de 2012
Irma Brito & Fernando Mendes
Ficha técnica:  Ver ficha técnica

Secção Série Monográfica
Total: 1 registo(s)
PEER IV Escola de Verão em Educação pelos Pares & Investigação Acção Participativa em Saúde




[ Voltar ]