Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Sofrimento de mulheres mastectomizadas submetidas a quimioterapia
Autores:  Fátima da Conceição Martins Luzio Ferreira
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2008-10-15
Aceite para publicação:  2009-04-03
Secção:  Artigo de Investigação
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
O fenómeno do sofrimento tem sido uma contínua preocupação, fazendo convergir grandes esforços dos vários sectores da saúde, no sentido de o aliviar e lhe conferir um significado e uma justificação.
Neste contexto, realizámos um estudo quantitativo, de tipo descritivo-correlacional, que teve como objectivos analisar o sofrimento de mulheres mastectomizadas submetidas a quimioterapia e verificar em que medida o apoio social, a morbilidade física e psicológica e algumas variáveis sócio-demográficas e clínicas estão relacionadas com esse sofrimento. Foram inquiridas 84 mulheres mastectomizadas submetidas a quimioterapia.
Os resultados demonstram que as doentes vivenciam maior sofrimento psicológico e sócio-relacional e menos experiências positivas do sofrimento.
Quanto maior o apoio social menor é o sofrimento e as doentes com morbilidade física e psicológica mais intensa apresentam maior sofrimento, tal como as mais velhas e as não casadas. Manifestam-se menos sofredoras as que possuem formação académica mais elevada e verifica-se que à medida que vão aumentando os ciclos de quimioterapia, as doentes percepcionam maior sofrimento. As que foram informadas acerca da reconstrução mamária e as que pretendem fazê-la apresentam menor sofrimento, comparando-as com as que não foram informadas e as que não pensam realizar essa reconstrução.

Palavras-chave
sofrimento, mastectomia, mulheres, oncologia, quimioterapia.
Texto integral
Total: 2 registo(s)
Revista Referência RII0824.pdf
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]