Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Estudo das dimensões da qualidade de vida nos pacientes hemodialisados
Autores:  Claudia Nunes*; Alexandrina Lobo**
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-01-19
Aceite para publicação:  2012-04-11
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2012
DOI:  10.12707/RIII1215
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
A hemodiálise é responsável por alterações significativas na qualidade de vida (QV ) dos utentes com insuficiência renal crónica. Este estudo tem o objetivo de avaliar a QV relacionada com a saúde, bem como os fatores que lhe estão associados. Metodologia: trata-se de um estudo transversal, descritivo-correlacional, empregando o questionário kidney disease and quality of life- short form (KDQOL-SF) em 52 sujeitos selecionados aleatoriamente. Os nossos resultados indicam que os sujeitos que efetuam diálise entre 1 a 5 anos referem menor QV comparativamente aos que se encontram em tratamento há menos de 1 ano ou há mais do que 5. Os homens demonstram melhor perceção da QV particularmente na função emocional do SF-36 e nos efeitos da doença na vida diária do ESRD. As dimensões mais afetadas são a saúde geral (SF-36) e o peso da doença renal (ESRD). Conclui-se que a QV, enquanto indicador do dinamismo e adaptabilidade à doença crónica, favorece o desenvolvimento de medidas de ação que permitam a melhoria dos cuidados a estes utentes.

Palavras-chave
qualidade de vida; hemodiálise; crónico.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]