Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  O envolvimento do pai na gravidez/parto e a ligação emocional com o bebé
Autores:  João Rui Duarte Farias Nogueira*; Manuela Ferreira**
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-01-17
Aceite para publicação:  2012-04-04
Secção:  Artigo
Ano:  2012
DOI:  10.12707/RIII1214
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Enquadramento: a ligação emocional entre pai e filho é determinante na transição para a paternidade e no desenvolvimento do bebé. Objetivos: pretendemos verificar se existe relação entre as variáveis sóciodemográficas, o envolvimento na gravidez ou o corte do cordão umbilical com a ligação emocional do pai com o bebé. Metodologia: efetuámos um estudo transversal, quantitativo de caráter descritivo analítico. Aplicámos um questionário e a escala bonding validada para a população Portuguesa(Figueiredo et al., 2005), em três momentos diferentes (durante o trabalho de parto, no 1º e no
3º dia após o parto) a 222 pais, entre novembro de 2010 e janeiro de 2011. Resultados: verificámos que a idade (entre 25 e 40 anos), o acompanhamento da grávida às consultas de vigilância da gravidez, o acompanhamento da grávida nos preparativos para o nascimento do bebé, a leitura de informação sobre o bebé em desenvolvimento, o envolvimento na gravidez e o corte do cordão umbilical influenciam positivamente a ligação emocional do pai com o bebé. Conclusão: os resultados apontam para uma melhoria na ligação afetiva entre o pai e o bebé se os profissionais de saúde promoverem o
envolvimento do pai na gravidez e no parto.

Palavras-chave
gravidez; recém-nascido; relações pai-filho; trabalho de parto.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]