Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Perceção do cuidar de um grupo de estudantes finalistas de enfermagem
Autores:  Maria Amélia Meireles Lima da Costa Peres Correia*; Maria Arminda Mendes Costa**
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2011-10-25
Aceite para publicação:  2012-08-21
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2012
DOI:  10.12707/RIII11119
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
O presente estudo enquadra-se no âmbito do ensino em enfermagem, incidindo sobre o processo ensino/aprendizagem do cuidar. Ao longo do percurso formativo os estudantes adquirem uma conceção do cuidar, que importa seja reveladora de uma posição harmoniosa entre as diferentes dimensões que o cuidar encerra. Foi nosso objetivo - conhecer a perceção do cuidar de um grupo de estudantes finalistas de enfermagem.
É um estudo exploratório – descritivo de natureza quantitativa. A colheita de dados foi efetuada através da aplicação da “ Escala de avaliação do Significado de Cuidar – EASC” da autoria de Bison (2003, p. 26-28). A amostra é constituída por 197 estudantes finalistas de uma Escola Superior de Enfermagem Portuguesa.
Os resultados evidenciam que os estudantes em fase de conclusão do curso, valorizam mais o cuidar enquanto interação interpessoal e como intervenção terapêutica, sendo o cuidar como afeto e o cuidar como imperativo moral ou ideal as dimensões menos valorizadas. Os resultados parecem orientar para a necessidade de uma avaliação sistemática dos resultados obtidos ao longo e no final do processo ensino/aprendizagem de modo a que o processo formativo culmine numa aprendizagem global onde o cuidar seja o resultado da valoração harmonizada das diferentes dimensões que o compõem.

Palavras-chave
estudantes; enfermagem; cuidar.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]