Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Reformas da gestão na saúde – desafios que se colocam aos enfermeiros
Autores:  Manuela Frederico-Ferreira*; Cristiana Filipa Ribeiro da Silva**
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-03-05
Aceite para publicação:  2012-08-29
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2012
DOI:  10.12707/RIII1238
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Com o intuito de tornar a Administração Pública mais eficiente emergiu um novo modelo de gestão que se refletiu nos serviços de
saúde e, consequentemente, nos enfermeiros. Assim, pretendeu-se conhecer quais os desafios, considerados pelos enfermeiros, que
se colocam à profissão de Enfermagem perante estas mudanças.
Este estudo é do tipo descritivo, com o recurso a técnicas de análise qualitativa, realizado a partir de um questionário auto preenchido.
As respostas à questão em estudo foram analisadas através do programa NVivo.
Da análise emergiram três categorias centrais designadas de: valorização da profissão; carreira de enfermagem; e formação einvestigação.
Os Enfermeiros consideram que a profissão não é valorizada ou reconhecida, além disso, referem que as alterações na carreira de enfermagem, advindas da Nova Gestão Pública, não se adequam à prática e impossibilitam a progressão e a remuneração justa. Os
participantes realçam que é caminhando para a autonomia e construção do seu próprio corpo de conhecimentos que a Enfermagem poderá enfrentar estes desafios. Considera-se relevante a continuação da realização de estudos que abordem o impacto das reformas
nos enfermeiros, incluindo diferentes variáveis. É igualmente relevante que estes resultados sejam tidos em conta pelos gestores e responsáveis.

Palavras-chave
nova administração pública; enfermagem.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]