Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Sofrimento do doente oncológico em situação paliativa
Autores:  Márcia Lúcia Sousa Dias Alves*; Maria Helena de Agrela Gonçalves Jardim**; Otília Maria Silva Freitas***
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2012-01-22
Aceite para publicação:  2012-06-04
Secção:  Artigo de Investigação
Ano:  2012
DOI:  10.12707/RIII1217

Resumo
Contexto: o aumento da incidência do número de doentes crónicos da população portuguesa tornou-se um fenómeno preocupante com repercussões sociais, económicas e de saúde, estes doentes apresentam níveis de sofrimento variáveis.
Este foco representa uma área de intervenção importante nos cuidados de enfermagem à pessoa em situação paliativa quer na perspetiva da sua prevenção quer no seu alívio. Objetivo: analisar a perceção do doente oncológico em situação paliativa quanto ao sofrimento e às suas várias dimensões. Metodologia: desenhou-se um estudo descritivo-correlacional com dimensão transversal. Aplicou-se o Inventário de Experiências Subjetivas de Sofrimento na Doença a 38 doentes em situação paliativa,
internados num serviço de cirurgia e hemato-oncologia e que tivessem mais de 18 anos. Resultados: os doentes evidenciaram níveis intermédios de sofrimento global e observou-se a existência de correlação significativa entre a idade e a dimensão do sofrimento sócio relacional. Conclusão: pensamos ter contribuído para alicerçar de uma forma estruturada a importância desta área de intervenção do enfermeiro à pessoa em situação paliativa e desenvolver intervenções ao nível da prevenção e alívio do
sofrimento destes doentes.

Palavras-chave
cuidados paliativos; pacientes; oncologia.
Texto integral
Total: 3 registo(s)
Artigo em PDF
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]