Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Tradução e adaptação da Spirituality and Spiritual Care Rating Scale em enfermeiros portugueses de cuidados paliativos
Autores:  Andreia Raquel Martins*; Sara Pinto**; Sílvia Caldeira***; Francisco Luís Pimentel****
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2013-05-30
Aceite para publicação:  2014-08-07
Secção:  Artigo
Ano:  2015
DOI:  http://dx.doi.org/10.12707/RIII13129

Resumo
Enquadramento: O conhecimento acerca da espiritualidade em Enfermagem tem-se evidenciado em Portugal, mas ainda é escassa a evidência acerca da perceção desta dimensão nos enfermeiros, bem como a disponibilidade de instrumentos na língua portuguesa que permitam medir fenómenos relacionados. A Spirituality and Spiritual Care Rating Scale (SSCRS) permite avaliar a perceção dos enfermeiros face à espiritualidade e ao cuidado espiritual.
Objetivos: Traduzir, adaptar e validar a SSCRS para português, numa população de enfermeiros portugueses de cuidados paliativos.
Metodologia: Estudo metodológico, numa amostra de 94 enfermeiros de cuidados paliativos.
Resultados: No processo de validação da escala, optou-se por manter a estrutura da escala original com os 17 itens. Obteve-se um alfa de Cronbach entre 0,59 e 0,69 nas subescalas e de 0,76 na escala global. Estes valores são indicadores que a escala tem fidelidade razoável para a população em estudo.
Conclusão: A versão portuguesa da SSCRS revela ser uma escala fiável e com validade de conteúdo para avaliar a perceção dos enfermeiros face à espiritualidade e ao cuidado espiritual.

Palavras-chave
espiritualidade; cuidados paliativos; Enfermagem; estudos de validação.
Baldacchino, D. (2011). Teaching on spiritual care: The perceived impact on qualified nurses. Nurse Education in Practice, 11(1), 47-53. doi: 10.1016/j.nepr.2010.06.008
Caldeira, S. (2011). Espiritualidade no cuidar. Lisboa, Portugal: Coisas de Ler.
Caldeira, S., Castelo Branco, Z., & Vieira, M. (2011). A espiritualidade nos cuidados de enfermagem: Revisão da divulgação científica em Portugal. Revista de Enfermagem Referência, 3(5), 145–152. doi: 10.12707/RIII1133
Caldeira, S., Gomes, A. C., & Frederico, M. (2011). De um novo paradigma na gestão dos enfermeiros: A espiritualidade no local de trabalho. Revista de Enfermagem Referência, 3(3), 25-35. doi: 10.12707/RII1066
Caldeira, S., & Narayanasamy, A. (2011). Programas de educação em enfermagem acerca da espiritualidade: Uma revisão sistemática. CuidArte Enfermagem, 5(2), 123-128.
Gijsberts, M. J., Echteld, M.A., van der Steen., J. T., Muller, M. T., Otten, R. H., Ribbe, M. W., & Deliens, L. (2011). Spirituality at the end of life: Conceptualization of measurable aspects: A systematic review. Journal of Palliative Medicine, 14(7), 852-863. doi: 10.1089/jpm.2010.0356
Hanson, L., Dobbs, D., Usher, B., Williams, S., Rawling, J., & Daaleman, T. (2008). Providers and types of spiritual care during serious illness. Journal of Palliative Medicine, 11(6), 907- 913. doi: 10.1089/jpm.2008.0008
Hill, J., Paice, J., Cameron, J., & Shott, S. (2005). Spirituality and distress in palliative care consultation. Journal of Palliative Medicine, 8(4), 782-788. doi: 10.1089/jpm.2005.8.782
Houaiss, A., & Villar, M. S. (2003). Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Lisboa, Portugal: Instituto Antônio Houaiss de Lexicografia.
Khoshknab, M., Mazaheri, M., Maddah, S., & Rahgozar, M. (2010). Validation and reliability test of persian version of The Spirituality and Spiritual Care Rating Scale. Journal of Clinical Nursing, 19(19-20), 2939-2941. doi: 10.1111/j.1365-2702.2010.03411.x
Mcsherry, W., Draper, P., & Kendrik, D. (2002). The construct validity of a rating scale designed to a assess spirituality and spiritual care. International Journal of Nursing Studies, 39(7), 723-734.dDoi: 10.1016/S0020-7489(02)00014-7
Mcsherry, W. (2006). Making sense of spirituality in nursing and health care practice (2nd ed.). London, England: Jessica Kingsley Publishers.
Mcsherry, W., & Jamieson, S. (2011). An online surveys of nurses´perceptions of spirituality ans spiritual care. Journal of Clinical Nursing, 20(11), 1757-1767. doi: 10.1111/j.1365-2702.2010.03547.x
Narayanasamy, A. (2001). Spiritual care: A practical guide for nurses and health care practitioners (2nd ed.). Wilshire, CA: Quay Books.
National Consensus Project for Quality Palliative Care. (2009). Clinical practice guidelines for quality palliative care. Recuperado de http://www.nationalconsensusproject.org/
World Health Organization. (2002). Definition of palliative care. Recuperado de http:// www.who.int/cancer/palliative/definition/en/
Piecer, J., & Hutton, E. (1992). Applying the new concepts of the Neuman systems model. Nursing Forum, 27(1), 15-18. doi: 10.1111/j.1744-6198.1992.tb00900.x
Ribeiro, J. (2010). Metodologia de investigação (3ª ed.). Porto, Portugal: Legis Editora.
Wong, K. F., Lee, L. Y. K., & Lee, J. K. L. (2008). Hong Kong enrolled nurses´perceptions of spirituality and spiritual care. International Nursing Review, 55(3), 333-340. doi: 10.1111/j.1466-7657.2008.00619.x
Texto integral
Total: 0 registo(s)
09 Rev. Enf. Ref. portuguese RIII13129.pdf
09 Rev. Enf. Ref. English RIII13129.pdf


[ Detalhes da edição ]