Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Ajustamento psicossocial e saúde em idosos: análise de clusters
Autores:  Lígia Maria Monteiro Lima*; Célia Samarina Vilaça de Brito Santos**;
Maria Celeste Bastos Martins de Almeida***; Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva Martins****
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2017-09-04
Aceite para publicação:  2017-11-12
Secção:  ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO (ORIGINAL)/RESEARCH PAPER (ORIGINAL)
Ano:  2018
DOI:  https://doi.org/10.12707/RIV17070

Resumo
Enquadramento: O envelhecimento saudável tem uma dimensão física e psicossocial, o que justifica a necessidade de melhor compreender o ajuste psicossocial das pessoas idosas.
Objetivos: Estudar o processo de ajustamento psicossocial em idosos e explorar a sua associação com as variáveis sociodemográficas e clínicas.
Metodologia: Estudo exploratório, quantitativo e transversal. Participaram 922 idosos residentes na comunidade, com idades entre os 64 e 99 anos. Foram estudadas as variáveis sociodemográficas e clínicas, perceção de saúde, afeto positivo e negativo, suporte social percebido e adesão aos medicamentos.
Resultados: Identificou-se a existência de 3 perfis de ajustamento psicossocial. O perfil caracterizado pelos piores resultados em todos os indicadores, denominado de pior ajustamento, agrega os idosos com uma idade intermédia (M = 74,7; DP = 7,08) e que relatam mais sintomas e patologias.
Conclusão: Este estudo sugere a existência de um grupo mais vulnerável de idosos, apontando para a necessidade de se desenvolverem intervenções de enfermagem focadas em recursos adaptativos promotores de uma melhor saúde e capacitação psicossocial.


Palavras-chave
idoso; ajustamento social; saúde; análise por conglomerados
Almeida, M. & Apóstolo, J. (2014). Envelhecimento, Saúde e Cidadania. Coimbra, Portugal: UICISA:E.
Almeida, M. (2014). A identidade na velhice. In M. Almeida, & J. Apóstolo (Eds), Envelhecimento, Saúde e Cidadania (pp.13-37). Coimbra, Portugal: UICISA:E.
Arnadottir, S. A., Gunnarsdottir, E. D., Stenlund, H., & Lundin-Olsson, L. (2011). Determinants of self-rated health in old age: A population-based, cross-sectional study using the International Classification of Functioning. BMC Public Health, 11(1), 670. doi:10.1186/1471-2458-11-670
Cho, J., Martin, P., Margrett, J., MacDonald, M., & Poon, L. W. (2011). The relationship between physical health and psychological well-being among oldest-old adults. Journal of Aging Research, 2011,1-8. doi:10.4061/2011/605041
Dockendorff, D. C. (2014). Healthy ways of coping with losses related to the aging process. Educational Gerontology, 40(5), 363-384. doi:10.1080/036012 77.2013.822203
Foguet-Boreu, Q., Violán, C., Rodriguez-Blanco, T., Roso-Llorach, A., Pons-Vigués, M., Pujol-Ribera, E., . . . Valderas, J. M. (2015). Multimorbidity patterns in elderly primary health care patients in a south Mediterranean European region: A cluster analysis. PLoS One, 10(11), e0141155. doi:10.1371/journal.pone.0141155
Galinha, I. C., & Pais-Ribeiro, J. L. (2005). Contribuição para o estudo da versão portuguesa da Positive and Negative Affect Schedule (PANAS): II – Estudo psicométrico. Análise Psicológica, 2(23), 219-227.
Guerra, M. P. (1995). Uma escala de avaliação do suporte social: Sua aplicação numa população se¬ropositiva ao vírus HIV. Avaliação Psicológica, 3, 25-34.
Klabbers, G., Bosma, H., Kempen, G. I., Benzeval, M., Van den Akker, M., & van Eijk, J. T. (2014). Do psychosocial profiles predict self-rated health, morbidity and mortality in late middle-aged and older people? Journal of Behavioral Medicine, 37(3), 357- 368. doi:10.1007/s10865-013-9493-x
Loureiro, H., Ângelo, M., Silva, M., & Pedreiro, A. (2015). Como as famílias portuguesas percecio¬nam a transição para a aposentação. Revista de Enfermagem Referência, 4(6), 45-54. doi:10.12707/ RIV14073
Marek, K. D., & Antle, L. (2008). Medication man¬agement of the community-dwelling older adult. In Hughes RG (Ed.), Patient safety and quality: An evidence-based handbook for nurses (pp. 499-536): Rockville, MD: Agency for Healthcare Research and Quality.
Melchiorre, M. G., Chiatti, C., Lamura, G., Torres-Gonzales, F., Stankunas, M., Lindert, J., . . . Soares, J. F. (2013). Social support, socio-economic status, health and abuse among older people in seven European countries. PLoS One, 8(1), e54856. doi:10.1371/journal.pone.0054856
Mooi, E., & Sarstedt, M. (2011). Cluster analysis: A concise guide to market research: The process, data, and methods using IBM SPSS Statistics (pp. 237- 284). Berlin, Germany: Springer.
Ong, A. D., & Ram, N. (2017). Fragile and enduring positive affect: Implications for adaptive aging. Ger-ontology, 63(3), 263-269. doi:10.1159/000453357
Osswald, S., Frey, D., Greitemeyer, T., Shapiro, I., Bilali, R., Vollhardt, J., ... Feldman, D. B. (2009). The Encyclopedia of Positive Psychology. Malden, MA: Wiley-Blackwell.
Pereira, M. G., & Silva, N. S. (1999). Escala de adesão aos medicamentos. Avaliação Psicológica: Formas e Contextos, 6, 347-351.
Rodrigues, V., Mota-Pinto, A., Sousa, B., Botelho, A., Alves, C., & Oliveira, C. R. (2014). The aging profile of the Portuguese population: A principal component analysis. Journal of Community Health, 39(4), 747-752. doi:10.1007/s10900-014-9821-9822
Stahl, S., & Patrick, J. (2011). Perceived functional limitation and health promotion during mid-to late life: The mediating role of affect. New School
Psychology Bulletin, 8, 26-33.
von Humboldt, S., & Leal, I. (2014). Adjustment to aging in late adulthood: A systematic review. International Journal of Gerontology, 8(3), 108-113. doi:10.1016/j.ijge.2014.03.003
White, A. M., Philogene, G. S., Fine, L., & Sinha, S. (2009). Social support and self-reported health status of older adults in the United States. American Journal of Public Health, 99(10), 1872-1878. doi:10.2105/AJPH.2008.146894
Texto integral
Total: 0 registo(s)
REF_mar2017_9to18_port.pdf.pdf
REF_mar2017_9to18_eng.pdf.pdf


[ Detalhes da edição ]