Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Avaliação da capacidade funcional e qualidade de vida do idoso no Brasil residente em comunidade
Autores:  Viviane Ferraz Ferreira de Aguiar*; Bruna Suely Carmona dos Santos**; Driele Caroline Noronha Gomes***;
Tereza Cristina Abreu Tavares****
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2019-02-26
Aceite para publicação:  2019-06-03
Secção:  ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO (ORIGINAL)/RESEARCH PAPER (ORIGINAL)
Ano:  2019
DOI:  https://doi.org/10.12707/RIV19011

Resumo
Enquadramento: A perda da capacidade funcional (CF) pelo idoso compromete a autonomia e interfere na qualidade de vida (QV).
Objetivo: Avaliar a pontuação da CF e a QV dos idosos residentes em comunidade e verificar a influência da idade e sexo com a CF e QV.
Metodologia: Pesquisa quantitativa, exploratória, descritiva e natureza aplicada. Participaram 67 idosos, atendidos durante as consultas programadas em unidade de saúde familiar. Utilizou-se o formulário de dados sociodemográficos e de saúde, instrumentos de avaliação das atividades de vida diária físicas (AVDF), atividades de vida diária instrumentais (AVDI) e QV.
Resultados: Nas AVDF houve um menor registo apenas para a continência (54; 80,6%). A maioria é independente (63; 94%) para as AVDI, a pontuação média da QV foi de 16,1 ± 1,9. Houve correlação significativa entre as variáveis idade e AVDF e entre AVDI e QV. O sexo masculino obteve maior pontuação média (μ = 26,26) para CF e na QV não há diferença significativa (p > 0,05).
Conclusão: A idade e sexo estavam associados a CF e QV do idoso.

Palavras-chave
idosos; estratégia saúde da família; qualidade de vida; atividades quotidianas
Ayres, M., Ayres Júnior, M., Ayres, D. L., & Santos, A. A. (2015). BioEstat 5.4: Aplicações estatísticas nas áreas das ciências biológicas e médicas (5ª ed.). Belém-Pará, Brasil. Sociedade Civil Mamirauá.

Camacho, A. C., Santos, R. C., Joaquim, F. L., & Abreu, C. P. (2014). Evaluation of functional capacity in
care of tissue injuries of adults and elderly patients. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental, 6(1), 17-26. doi:10.9789/2175-5361.2014.v6i1.17-26

Cavalcante, D., Oliveira, D., Antunes, M., & Carnelozzi, A. (2018). Análise da qualidade de vida em idosas praticantes de dança. Revista Interdisciplinar de Promoção da Saúde, 1(1), 23-31. doi:10.17058/rips.v1i1.11944

Farías-Antúnez, S., Lima, N. P., Bierhals, I. O., Gomes, A. P., Vieira, L. S., & Tomasi, E. (2014). Incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária: Um estudo de base populacional com idosos
de Pelotas. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 27(2), e2017290. doi:10.5123/s1679-49742018000200005

Freitas, C. V., Sarges, E. S., Moreira, K. E., & Carneiro, S. R. (2016). Evaluation of frailty, functional
capacity and quality of life of the elderly in geriatric outpatient clinic of a university hospital. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 19(1), 119-128. doi:10.1590/1809-9823.2016.14244

Guedes, D. V., Silva, K. C., Banhato, E. F., & Mota, M.M. (2007). Fatores associados à capacidade funcional de
idosos da comunidade. HU Revista, 33(4), 105-111. doi:10.590/1809-2950/13223421042014

Jesus, I. T., Orlandi, A. A., Grazziano, E. S., & Zazzetta, M. S. (2017). Fragilidade de idosos em vulnerabilidade social. Acta Paulista Enfermagem, 30(6), 614-620. doi:10.1590/1982-0194201700088

Lima, B. M., Araújo, F. A., & Scattolin, F. A. (2016). Qualidade de vida e independência funcional de
idosos frequentadores do clube do idoso do município de Sorocaba. ABCS Health Sciences, 4(3), 168-175.
doi:10.7322/abcshs.v41i3.907

Lobo, A. J., Santos, L., & Gomes, S. (2014). Nível de dependência e qualidade de vida da população idosa.
Revista Brasileira de Enfermagem, 67(6), 913-919. doi:10.1590/0034-7167.2014670608

Melo, B. R., Diniz, M. A., Casemiro, F. G., Figueiredo, L. C., Santos-Orlandi, A. A., Haas, V. J., ... Gratão, A.
C. (2017). Avaliação cognitiva e funcional de idosos usuários do serviço público de saúde. Escola Anna
Nery, 21(4), e20160388. doi:10.1590/2177-9465-ean-2016-0388

Ministério da Saúde. (2006). Envelhecimento e saúde da pessoa idosa (cadernos de atenção básica nº 19).
Brasília, Brasil: Autor. Recuperado de http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/evelhecimento_saude_pessoa_idosa.pdf

Muniz, E. C., Goulart, F. C., Lazarini, C. A., & Marin, M. J. (2017). Análise do uso de medicamentos por idosos usuários de plano de saúde suplementar. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 20(3), 374-386.
doi:10.1590/1981-22562017020.160111

Nunes, J. D., Saes, M. O., Nunes, B. P., Siqueira, F. C., Soares, D. C., Fassa, M. E., ... Facchini, L. A.
(2017). Indicadores de incapacidade funcional e fatores associados em idosos: Estudo de base populacional em Bagé, Rio Grande do Sul. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 26(2), 295-304. doi:10.5123/
s1679-49742017000200007

Oliveira, J. C., & Tavares, D. M. (2010). Atenção ao idoso na estratégia de saúde da família: Atuação
do enfermeiro. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 44(3), 774-781. doi:10.1590/S0080-62342010000300032

Pereira, D. S., Nogueira, J. A., & Silva, C. A. (2015). Qualidade de vida e situação de saúde de idosos: Um estudo de base populacional no Sertão Central do Ceará. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 18(4), 893-908. doi:10.1590/1809-9823.2015.14123

Reis, L. A., Marinho, M. S., & Lima, P. V. (2016). Comprometimento da capacidade funcional: Significados
para o idoso e sua família. Revista InterScientia, 2(1),108-121. Recuperado de https://periodicos-.unip-e.br/index.php/interscientia/article/view/62/59

Sales, A. S., Sales, M. G., & Casotti, C. A. (2017). Perfil farmacoterapêutico e fatores associados à polifarmácia entre idosos de Aiquara. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 26(1), 121-132. doi:10.5123/s1679-49742017000100013

Santos, P. O., Silva, I. S., & Silva, M. A. (2012). Capacidade funcional do idoso frequentador do programa
saúde da família do bairro viveiros do município de Feira de Santana, Bahia. Acta Fisiátrica, 19(4), 233-236. doi:10.5935/0104-7795.20120037

Silva, K. M., & Santos, S. M. (2015). A práxis do enfermeiro da estratégia de saúde da família e o cuidado ao
idoso. Revista Texto & Contexto Enfermagem, 24(1) 105-111. doi:10.1590/0104-07072015000680013
Vitorino, L., Paskulin, L., & Vianna, L. (2012). Qualidade de vida de idosos em instituição de longa
permanência. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 20(6), 1186-1195. doi:10.1590/S0104-11692012000600022
Texto integral
Total: 0 registo(s)
REF_jun2019_59to66_eng.pdf.pdf
REF_jun2019_59to66_port.pdf.pdf


[ Detalhes da edição ]