Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Flushing em cateteres venosos periféricos: um protocolo de scoping review
Autores:  Pedro Parreira; Inês A. Marques; Paulo Santos-Costa; Liliana B. Sousa; Luciene Braga; João Apóstolo; Anabela Salgueiro-Oliveira
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2019-10-08
Aceite para publicação:  2019-11-08
Secção:  ARTIGOS DE REVISÃO / REVIEW PAPERS ARTIGOS_TEÓRICOS-ENSAIOS / THEORETICAL PAPERS/ESSAYS
Ano:  2019
DOI:  10.12707/RIV19066
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
Contexto: O flushing dos cateteres venosos periféricos (CVPs), aquando da administração intravenosa,
encontra-se descrito como um procedimento preventivo das complicações associadas aos CVPs.
Contudo, esta prática não se escontra convenientemente operacionalizada nas diretrizes internacionais
em termos do volume da solução de flushing, frequência e técnica.
Objetivos: Mapear as evidências no âmbito do flushing dos CVPs.
Método de revisão: Foi definido o protocolo de scoping review, baseado na metodologia proposta pelo
Joanna Briggs Institute, considerando os critérios definidos e a adequação às bases/repositórios propostos.
Apresentação e interpretação dos resultados: O mapeamento das evidências permitirá identificar os
volumes, frequências e técnicas utilizadas na prática de flushing.
Conclusão: Prevê-se que esta revisão constitua um ponto de partida para a análise e sistematização dos
estudos relativos às práticas de flushing dos CVPs, contribuindo não apenas para a otimização desta
prática clínica, mas também para a investigação científica nesta temática.

Palavras-chave
revisão; cateterismo periférico; prática profissional; padrão de cuidado
Alexandrou, E., Ray-Barruel, G., Carr, P. J., Frost, S. A., Inwood, S., Higgins, N., … OMG Study Group. (2018). Use of short peripheral intravenous catheters: Characteristics, management, and outcomes worldwide. Journal of Hospital Medicine, 13(5), 1–7. doi:10.12788/jhm.3039
Alexandrou, E., Ray-Barruel, G., Carr, P. J., Frost, S., Inwood, S., Higgins, N., … Rickard, C. M. (2015). International prevalence of the use of peripheral intravenous catheters. Journal of Hospital Medicine, 10(8), 530–533. doi:10.1002/jhm.2389
Apóstolo, J. (2017). Síntese da evidência no contexto da translação da ciência. Coimbra, Portugal: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.
Bishop, L., Dougherty, L., Bodenham, A., Mansi, J., Crowe, P., Kibbler, C., … Treleaven, J. (2007). Guidelines on the insertion and management of central venous access devices in adults. International Journal of Laboratory Hematology, 29(4), 261–278. doi:10.1111/j.1751-553X.2007.00931.x
Boord, C. (2019). Pulsatile flushing. Journal of Infusion Nursing, 42(1), 37–43. doi:10.1097/NAN.0000000000000311
Braga, L. (2017). Práticas de enfermagem e a segurança do doente no processo de punção de vasos e na administração da terapêutica endovenosa (Tese de doutoramento). Universidade de Lisboa, Portugal.
European Centre for Disease Prevention and Control. (2013). Point prevalence survey of healthcare-associated infections and antimicrobial use in European acute care hospitals. Stockholm, Sweden: Author.
Gorski, L., Hadaway, L., Hagle, M. E., McGoldrick, M., Orr, M., & Doellman, D. (2016). Infusion therapy standards of practice. Journal of Infusion Nursing, 39(1S), S1–S159. Recuperado de https://source.yiboshi.com/20170417/1492425631944540325.pdf
Keogh, S., Marsh, N., Higgins, N., Davies, K., & Rickard, C. (2014). A time and motion study of peripheral venous catheter flushing practice using manually prepared and prefilled flush syringes. Journal of Infusion Nursing, 37(2), 96–101. doi:10.1097/NAN.0000000000000024
Nobre, A., & Martins, M. (2018). Prevalência de flebite da venopunção periférica: Fatores associados. Revista de Enfermagem Referência, 4(16), 127-138. doi:10.12707/RIV17058
O’Grady, N. P., Alexander, M., Burns, L. A., Dellinger, E. P., Garland, J., Heard, S. O., … Healthcare Infection Control Practices Advisory Committee. (2011). Guidelines for the prevention of intravascular catheter-related infections. Clinical Infectious Diseases: An Official Publication of the Infectious Diseases Society of
America, 52(9), e162-e193. doi:10.1093/cid/cir257 Peters, M. D., Godfrey, C. M., Khalil, H., McInerney, P., Parker, D., &
Soares, C. B. (2015). Guidance for conducting systematic scoping reviews. International Journal of Evidence-Based Healthcare, 13(3), 141–146. doi:10.1097/XEB.0000000000000050
Pina, E., Paiva, J., Nogueira, P., & Silva, M. (2013). Prevalência de infeção adquirida no hospital e do uso de antimicrobianos nos hospitais portugueses: Inquérito 2012. Lisboa, Portugal: Direção-Geral da Saúde. Recuperado de https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/inquerito-de-prevalencia-de-infecao-adquirida-no-hospital-e-uso-de-antimicrobianos-nos-hospitais-portugueses-inquerito-2012-jpg.aspx
Queensland Government, Department of Health. (2018). Guidelines: Peripheral intravenous catheter. Recuperado de https:// www.health.qld.gov.au/__data/assets/pdf_file/0025/444490/icare-pivc-guideline.pdf
Royal College of Nursing. (2016). Standards for infusion therapy. Recuperado de https://www.rcn.org.uk/professional-development/publications/pub-005704
Salgueiro-Oliveira, A., Parreira, P., & Veiga, P. (2012). Incidence of phlebitis in patients with peripheral intravenous catheters: The influence of some risk factors. Australian Journal of Advanced Nursing, 30(2), 32-39. Recuperado de http://www.ajan.com.au/Vol30/Issue2/4Salgueiro-Oliveira.pdf
Santos, D. (2014). Cuidados de enfermagem no cateterismo venoso periférico: Impacte no perfil microbiológico (Dissertação de mestrado). Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Portugal. Recuperado de http://repositorio.esenfc.pt/?url=Y7B9hEzj
Tricco, A. C., Lillie, E., Zarin, W., O’Brien, K., Colquhoun, H., Kastner, M., … Straus, S. E. (2016). A scoping review on the conduct and reporting of scoping reviews. BMC Medical Research Methodology, 16(1), 1–10. doi:10.1186/s12874-016-0116-4
Tricco, A., Lillie, E., Zarin, W., O’Brien, K., Colquhoun, H., Levac, D., … Straus, S. E. (2018). PRISMA extension for scoping reviews: Checklist and explanation. Annals Of Internal Medicine, 169(7), 467. doi:10.7326/m18-0850
Veiga, B., Henriques, E., Barata, F., Santos, F., Santos, I., Martins, M., … Silva, P. (2011). Manual de normas de enfermagem: Procedimentos técnicos (2ª ed.). Lisboa, Portugal: Administração Central do Sistema de Saúde.
Texto integral
Total: 0 registo(s)
REF_jan2020_e19066_port.pdf
REF_jan2020_e19066_eng.pdf


[ Detalhes da edição ]