Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Interacção em Saúde
Autores:  Emília Isabel Martins Teixeira da Costa - Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica, Mestre em Psicologia da Saúde e Doutoranda em Psicologia da Saúde. Professora Adjunta na Universidade do Algarve, Escola Superior de Saúde de Faro,
Departamento de Enfermagem.
Rosário Antequera Jurado - Psicóloga Clínica. Professora Titular do Departamento de Personalidade, Avaliação e Tratamento Psicológico da Faculdade de Psicologia da Universidade de Sevilha.
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2006-02-17
Aceite para publicação:  2006-05-08
Secção:  Artigo
Facebook Twitter LinkedIn

Resumo
A investigação que se tem vindo a desenvolver nos últimos anos tem facultado preciosos contributos para o conhecimento do processo de interacção em saúde. Sabemos hoje, que a qualidade dos cuidados de saúde depende em grande medida da qualidade da interacção que se estabelece entre o profissional de saúde e os usuários dos cuidados. Sabe-se também, que a comunicação interpessoal é um instrumento fundamental para partilhar informação relevante num contexto de cuidados de saúde. Existe ainda evidência, que a comunicação efectiva entre profissionais de saúde / usuários, se encontra profundamente relacionada com aspectos tão importantes como a satisfação com os cuidados e a adesão às intervenções de saúde, sejam elas terapêuticas ou preventivas. Neste sentido, a interacção como aspecto central dos cuidados de saúde, exige uma reflexão contínua e detalhada que nos permita uma actualização constante dos conhecimentos sobre as diversas dimensões deste complexo processo.

Palavras-chave
interacção, comunicação, enfermagem, promoção da saúde
Texto integral
Total: 1 registo(s)
43-49.pdf
Página 1 de 1


[ Detalhes da edição ]