Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Enfermagem psiquiátrica: análise do Manual Cuidados aos Psychopathas
Autores:  Cláudia Polubriaginof*; Paulo Fernando Souza Campos**
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2015-09-15
Aceite para publicação:  2016-03-18
Secção:  Artigo
Ano:  2016
DOI:  http://dx.doi.org/10.12707/RIV15056

Resumo
Contexto: O estudo evoca a institucionalização da Psiquiatria em São Paulo, Brasil, no início do século XX.
Objetivos: Analisar os cuidados de enfermagem psiquiátrica no Hospital do Juquery, a partir do manual Cuidados aos Psycopathas e quais as práticas que foram utilizadas no espaço manicomial tido por excelência no Brasil e na América Latina, o Hospital do Juquery.
Metodologia: Trata-se de uma análise histórica realizada a partir da pesquisa documental do manual intitulado Cuidados aos Psychopathas publicado em 1930 por Antônio Carlos Pacheco e Silva, então diretor do hospital.
Resultados: Composto por 138 páginas o livro é a primeira publicação brasileira em língua portuguesa destinada à enfermagem psiquiátrica.
Conclusão: A enfermagem foi fundamental na consolidação do modelo asilar e as práticas exercidas principalmente dos que não receberam preparação formal para o exercício da enfermagem caracterizaram uma prática marcada pela força e a execução do saber médico à revelia da identidade e da individualidade dos doentes.

Palavras-chave
história da enfermagem; hospital psiquiátrico; enfermagem psiquiátrica
Campos, P. F., & Oguisso, T. (2013). Enfermagem no Brasil: Formação e identidade profissional pós –1930. São Caetano do Sul, Brasil: Yendis.
Cunha, M. C. (1986). O espelho do mundo: Juquery, a história de um asilo. Rio de Janeiro, Brasil: Paz e Terra.
Kirschbaun, D. I. (1997). Análise histórica das práticas de enfermagem no campo da assistência psiquiátrica no Brasil, no período compreendido entre as décadas de 20 e 50. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 5(spe), 19-30. doi: 10.1590/S0104-11691997000500003
Machado, R., Loureiro, A., Luz, R., & Muricy, K. (1978). Aos loucos o hospício. In R. Machado, A. Loureiro, R. Luz, & K. Muricy (Eds.), Danação da norma: A medicina social e constituição da psiquiatria no Brasil (pp. 423-485). Rio de Janeiro, Brasil: Graal.
Neves, J. L. (1996). Pesquisa qualitativa: Características, usos e possibilidades.Caderno de pesquisas em administração, 1(3). Recuperado de http://www.unisc.br/portal/upload/com_arquivo/pesquisa_qualitativa_caracteristicas_usos_e_possibilidades.pdf
Pacheco e Silva, A. C. (1930). Cuidados aos psychopathas. São Paulo, Brasil: Officinas Graphicas do Hospital do Juquery.
Pereira, L. M. (2002). Os primeiros sessenta anos da terapêutica psiquiátrica no estado de São Paulo. In E. H. Antunes, L. H. S. Barbosa & L. M. F. Pereira (Eds.), Psiquiatria, loucura e arte: Fragmentos da história brasileira (pp. 33-54). São Paulo, Brasil: EDUSP.
Tarelow, G. Q. (2012). Entre febres, comas e convulsões: As terapias biológicas no Hospital do Juquery administrado por Pacheco e Silva (1923-1937) (Dissertação de mestrado). Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Brasil.
Texto integral
Total: 0 registo(s)
13 Rev. Enf. Ref. RIV15056 ENG.pdf
13 Rev. Enf. Ref. RIV15056 PORT.pdf


[ Detalhes da edição ]