Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  Supervisão à distância em enfermagem: uma realidade desejada pelos enfermeiros
Autores:  Inês Alves da Rocha e Silva Rocha*; Margarida Reis Santos**; Regina Maria Ferreira Pires***
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2015-03-30
Aceite para publicação:  2016-07-05
Secção:  Artigo
Ano:  2016
DOI:  http://dx.doi.org/10.12707/RIV16025

Resumo
Enquadramento: As estratégias de supervisão à distância facilitam o processo supervisivo, permitindo ao supervisionado aceder mais facilmente ao supervisor para obtenção de apoio.
Objetivos: Identificar a frequência com que as estratégias de supervisão à distância são implementadas; identificar as estratégias de supervisão à distância que os enfermeiros gostariam que fossem mais frequentemente implementadas em contexto hospitalar e de cuidados de saúde primários.
Metodologia: Investigação quantitativa, de cariz descritivo exploratório e natureza transversal. Amostra constituída por 273 enfermeiros. Colheita de dados através do Questionário de Avaliação da Frequência de Estratégias de Supervisão Clínica em Enfermagem.
Resultados: Os enfermeiros desejam que as estratégias de supervisão à distância sejam mais frequentemente implementadas. Os enfermeiros dos cuidados de saúde primários, comparativamente com os do hospital, pretendem que as estratégias de supervisão à distância telefone e e-mail sejam mais frequentemente implementadas.
Conclusão: O estudo contribuiu para aprofundar o conhecimento na área da supervisão clínica em enfermagem, nomeadamente das estratégias de supervisão à distância.

Palavras-chave
enfermagem; mentores; competência profissional; melhoria de qualidade
Cruz, S., Carvalho, A., & Sousa, P. (2014). Clinical supervision: Priority strategy to a better health. Procedia: Social and Behavioral Sciences, 112(1), 97-101. doi: 10.1016/j.sbspro.2014.01.1143
Dilworth, S., Higgins, I., Parker, V., Kelly, B., & Turner, J. (2013). Finding a way forward: A literature review on the current debates around clinical supervision. Contemporary Nurse, 45(1), 22-32. doi: 10.5172/conu.2013.45.1.22
Evans, C., & Marcroft, E. (2015). Clinical supervision in a community setting. Nursing Times, 111(22), 16-18.
Fortin, M. (2009). Fundamentos e etapas do processo de investigação. Loures, Portugal: Lusodidacta.
Fowler, J. (2014). Clinical supervision: From staff nurse to nurse consultant. Part 12: Series summary. British Journal of Nursing, 23(2), 114.
Francke, A., & Graaff, F. (2012). The effects of group supervision of nurses: A systematic literature review. International Journal of Nursing Studies, 49(9), 1165-1179. doi: 10.1016/j.ijnurstu.2011.11.012
Garrido, A., Simões, J., & Pires, R. (2008). Supervisão clínica em enfermagem: Perspetivas práticas. Aveiro, Portugal: Universidade de Aveiro.
Macedo, A. (2012). Supervisão em enfermagem: Construir as interfaces entre a escola e o hospital. Santo Tirso, Portugal: De Facto Editores.
Marrow, C., Hollyoake, K., Hamer, D., & Kenrick, C. (2002). Clinical supervision using video-conferencing technology: A reflective account. Journal of Nursing Management, 10(5), 275-282. doi: 10.1046/j.1365-2834.2002.00313.x
McColgan, K., & Rice, C. (2012). An online training resource for clinical supervision. Nursing Standard, 26(24), 35-39. doi: 10.7748/ns2012.02.26.24.35.c8945
Silva, R., Pires, R., & Vilela, C. (2011). Supervisão de estudantes de enfermagem em ensino clínico: Revisão sistemática da literatura. Revista de Enfermagem Referência, 3(3), 113-122. doi: 10.12707/RIII1036
Thompson, S., & Winter, R. (2004). A telephone led clinical supervision pilot for nurses in different settings. Professional Nurse, 18(8), 467-470.
Winstanley, J., & White, E. (2003). Clinical supervision: Models, measures and best practice. Nurse Researcher, 10(4), 7-38. doi: 10.7748/nr2003.07.10.4.7.c5904
Texto integral
Total: 0 registo(s)
10 Rev. Enf. Ref_ RIV16025 ING.pdf
10 Rev. Enf. Ref_RIV16025.pdf


[ Detalhes da edição ]