Websites | Serviços | Webmail | Ferramentas | Área reservada

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Título:  A dependência de tabaco em estudantes de enfermagem
Autores:  Ana Gabriela da Silva Saraiva*; Cláudia Margarida Correia Balula Chaves**; João Carvalho Duarte***; Maria Odete Pereira Amaral****
Orientadores: 
Recebido para publicação:  2016-11-24
Aceite para publicação:  2017-01-31
Tipo:  Artigo de Investigação
Ano:  2017
DOI:  https://doi.org/10.12707/RIV16032

Resumo
Enquadramento: Os estudantes de enfermagem, pelos conhecimentos adquiridos ao longo do curso, devem estar conscientes dos malefícios do tabagismo.
Objetivos: Estimar a prevalência de consumo de tabaco e identificar as variáveis sociodemográficas, académicas e psicológicas, associadas à dependência de nicotina, em estudantes de enfermagem.
Metodologia: Estudo transversal analítico. Amostra de 404 estudantes de enfermagem, 86,1% género feminino (M=23,60±6,67 anos). Questionário constituído por variáveis sociodemográficas e académicas, Escala de Ansiedade, Depressão e Stresse, Escala de Afeto Positivo e Negativo, o Teste Fagerström da Dependência à Nicotina e o Inventário de Personalidade de Eysenck.
Resultados: Prevalência de consumo de tabaco de 25,2%, género masculino com uma percentagem maior (32,1% vs. 24,1%). Os estudantes começaram a fumar aos 16,8 anos. Dos estudantes que começaram a fumar antes dos 15 anos, 44,4% apresentam um nível de dependência elevado. O consumo de tabaco associou-se à extroversão e ao stresse.
Conclusão: Um quarto dos estudantes fumam e o consumo associou-se com variáveis psicológicas. Há necessidade da criação e implementação de intervenções de dissuasão do consumo de substâncias psicoativas.

Palavras-chave
estudantes de enfermagem; tabagismo; personalidade; stresse psicológico
Afonso, F., & Pereira, M. (2013). Preditores da depen¬dência nicotínica e do comportamento planeado para deixar de fumar. Análise Psicológica, 31(1), 17-29. Recuperado de http://www.scielo.mec.pt/pdf/aps/v31n1/v31n1a02.pdf
Apóstolo, J., Tanner, B., & Arfken, C. (2012). Análise fatorial confirmatória da versão portuguesa da De¬pression Anxiety Stress Scale-21. Revista Latino-A¬mericana de Enfermagem, 20(3), 1-7. doi: 10.1590/S0104-11692012000300022
Bonito, J. (2010). Consumo de tabaco entre os estudan¬tes de enfermagem: Uma primeira aplicação do Glo¬bal Health Professional Survey no contexto português. Recuperado de http://dspace.uevora.pt/rdpc/hand¬le/10174/4329
Borg, T. (2014). Nova diretiva sobre os produtos do tabaco: Um passo importante para a saúde públi¬ca europeia. Boletim Informativo Saúde-UE, 130. Recuperado de http://ec.europa.eu/health/newslet¬ter/130/focus_newsletter_pt.htm
Direção-Geral da Saúde (2013). Portugal: Prevenção e controlo do tabagismo em números. Programa Na¬cional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo. Lisboa, Portugal: Autor.
Eysenck, H., & Eysenck, B. (1968). Eysenck personality inventory manual. San Diego, CA: Educational and Industrial Testing Service.
Ferreira, P., Quintal, C., Lopes, I., & Taveira, N. (2009). Dependência tabágica: Teste de dependência à nico¬tina: Validação linguística e psicométrica do teste de Fagerström. Dependência Tabágica, 27(2), 37-56. Recuperado de http://www.scielo.mec.pt/pdf/rpsp/v27n2/v27n2a05.pdf
Galinha, C., Pereira, R., & Esteves, F. (2013). Confir¬matory factor analysis and temporal invariance of the Positive and Negative Affect Schedule (PANAS). Psicologia: Reflexão e Crítica, 36(4), 671-679. doi: 10.1590/S0102-79722013000400007
Granville-Garcia, A., Sarmento, D., Santos, J., Pinto, T., Sousa, R., & Cavalcanti, A. (2012). Smoking among undergraduate students in the area of health. Ciência & Saúde Coletiva, 17(2), 389-396. doi: 10.1590/S1413-81232012000200013
Marques, E., Corte, A., Videira, L., & Bidarra, N. (2011). Hábitos tabágicos em estudantes do ensi¬no superior. Recuperado de https://www.google.pt/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=we¬b&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwj-d7crY0NjRAhXFuRQKHX62BuQQFggZ-MAA&url=https%3A%2F%2Fwww.esenfc.pt%2Fevent%2Fevent%2Fabstracts%2FexportA-bstractPDF.php%3Fid_abstract%3D4703%26id_event%3D76&usg=AFQjCNHzX83QEVaSzd-MymwPErEUQmorgIQ
Martins, M. (2012). ANTES QUE TE QUEIMES… PÁRA DE FUMAR: Validação de uma intervenção motivacional para a cessação tabágica com estudantes do ensino superior (Dissertação de Mestrado). Recu¬perado de http://repositorio.esenfc.pt/?url=DNW¬vPT
Montalvo-Prieto, A., & Castillo-Ávila I. (2013). Knowl¬edge, attitudes, and practices regarding legal and il¬legal substances by nursing students from Cartagena (Colombia). Investigación y Educación en Enferme¬ria, 31(1), 63-69. Recuperado de http://www.scielo.org.co/pdf/iee/v31n1/v31n1a08.pdf
Nunes, S. O., Vargas, H. O., Nunes, L. V., & Noto, M. V. (2011). A dependência do tabaco. In S. O. Nu¬nes & M. R. Castro (Orgs.), Tabagismo: Abordagem, prevenção e tratamento (pp. 41-54). Recuperado de http://static.scielo.org/scielobooks/sj9xk/pdf/nu¬nes-9788572166751.pdf
Pedroso, R., Melo, R., Amado, R., Silva, A., Neves, M., Freitas, H., … Brito, I. (2012). Esenfc promotora da saúde. In I. Brito & F. Mendes (Coords.), PEER IV: Escola de verão em educação pelos pares & inves¬tigação acção participativa em saúde (pp. 31-42). Coimbra, Portugal: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem/Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.
Pimentel, M., Mata, M., & Anes, E. (2013). Tabaco e álcool em estudantes: Mudanças decorrentes do in¬gresso no ensino superior. Psicologia, Saúde & Doen¬ças, 14(1), 185-204. Recuperado de http://www.scielo.mec.pt/pdf/psd/v14n1/v14n1a12.pdf
Rondina, R., Martins, R., Manzato, A., & Terra, A. (2013). Habilidades sociais e dependência nicotí¬nica em universitários fumantes. Psicologia, Saúde & Doenças, 14(1), 232-244. Recuperado de http://www.scielo.mec.pt/pdf/psd/v14n1/v14n1a15.pdf
Santos, D. M. (2012). Razões que condicionam os adultos jovens a iniciar e a manter o consumo do tabaco. Recuperado de http://bdigital.ufp.pt/bits¬tream/10284/3597/4/PG_DianaSantos.pdf
Silva, B. P., Sales, C. M., França, M. G., & Siqueira, M. M. (2012). Uso do tabaco entre estudantes de enfer¬magem de uma faculdade privada. SMAD: Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, 8(2), 64-70. Recuperado de http://pepsic.bvsalud.org/pdf/smad/v8n2/03.pdf
Sychareun, V., Hansana, V., Choummanivong, M., Na¬thavong, S., Chaleunvong, K., & Durham, J. (2013). Cross-sectional survey: Smoking among medical, pharmacy, dental and nursing students. BMJ Open, 3(8), 1-8. doi: 10.1136/bmjopen-2013-003042.r
Texto integral
Total: 0 registo(s)
REF_Mar2017_9to18_port.pdf
REF_Mar2017_9to18_eng.pdf


[ Detalhes da edição ]